Nike Negra

Numa altura em que, nos EUA, o racismo volta a estar na ordem do dia, a empresa norte-americana de material desportivo Nike decidiu juntar a sua voz à dos combatentes contra o racismo, mudando, inclusivamente, aquele que é o seu slogan: ao invés de Just do it, ou Fá-lo, a sua palavra de ordem é agora For once, Don’t Do It. Ou seja, Por uma vez, não o faças.

Tudo começou já esta semana, quando um homem de raça negra, George Floyd, de 46 anos, foi detido pela polícia de Minneapolis, EUA. Já no chão, Floyd foi mantido imóvel por um polícia branco que lhe colocou o joelho sobre o pescoço, impedindo-o de respirar.

LEIA TAMBÉM
Coronavírus obriga Nike a fechar as portas da sua sede europeia

Apesar dos pedidos de Floyd, que no vídeo por populares feito no momento, afirma consecutivamente que não consegue respirar, o polícia nunca deixa de fazer pressão com o joelho, acabando por provocar a morte do negro.

No entanto, a situação não terá sido a única nos últimos tempos, num país onde a cor da pele continua a ser um entrave ao futuro de muitos norte-americanos, mas, desta feita e a exemplo do que aconteceu em Los Angeles há 28 anos, a morte de Floy está a levar a várias noites de distúrbios em Minneapolis e em várias outras cidades dos EUA.

Nike junta-se ao coro de protestos

Também ela norte-americana, a multinacional de vestuário e equipamento desportivo Nike decidiu envolver-se nos protestos anti-racismo. Desde logo, mudando aquele que é, há muito, o seu slogan: Just do it. E que, numa das páginas oficiais da empresa no Twitter, foi transformado em For once, Don’t Do It.

A explicação surge, de resto, pela voz da própria Nike, que, no vídeo, alerta para que «não finjas que não há um problema de racismo nos Estados Unidos. Não vires as costas ao racismo. Não aceites que roubem vidas inocentes. Não dês mais desculpas. Não penses que isto não te afecta. Não fiques sentado nem te cales. Não penses que não podes mudar nada. Sejamos todos parte da mudança».

Também nós, nos CORREDORES ANÓNIMOS, subscrevemos, na totalidade, a mensagem da Nike. Para que, efetivamente, «sejamos [mesmo] todos, parte da mudança»…