O britânico Mo Farah, de 36 anos, revelou que não vai correr a Maratona nos Jogos Olímpicos de Tóquio no próximo ano. No entanto, pretende estar na principal competição desportiva do mundo, mas nas pistas.

Após os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, quando foi campeão nos 5 e 10 mil metros, repetindo o feito de Londres 2012, Mo Farah dedicou-se a Maratona, obtendo o recorde europeu da distância (2h05m11) na Maratona de Chicago em 2018 (este ano terminou na oitava posição), além de um terceiro e quinto lugares na Maratona de Londres (2018 e 2019, respetivamente), por exemplo.

«Ganhar a Maratona de Chicago foi estupendo e estive bem em Londres quando terminei em primeiro. Esta experiência na Maratona foi uma grande curva de aprendizagem

Mas a verdade é que Mo Farah jamais conseguiu colocar em causa o poderio do queniano Eliud Kipchoge.

LEIA TAMBÉM
As dicas de Mo Farah para a Maratona
Pela 1.ª vez corredora de 60 anos ou mais correu uma Maratona Sub-3h00
Mo Farah cai e “perde” primeiro duelo com Kipchoge

Talvez por isso, o britânico decidiu apostar no seu regresso às pistas no próximo ano, tendo em vista os Jogos Olímpicos de Tóquio, onde Mo Farah terá como objetivo alcançar o tricampeonato nos 10 mil metros, algo inédito na História do Atletismo.

Até ao momento, Mo Farah repetiu o feito de Paavo Nurmi, Emil Zátopek, Lasse Virén, Haile Gebrselassie e Kenenisa Bekele, todos bicampeões nos 10 mil metros.

Além de lutar pelo tricampeonato, se vencer, o britânico superará o recorde do etíope Miruts Yifter, que ganhou os 10000 metros nos Jogos Olímpicos de Moscovo 1980 com 36 anos (também venceu os 5000 metros).

«A grande notícia é que regresso às pistas no próximo ano tendo em vista os 10000 metros nos Jogos Olímpicos de Tóquio (…) Espero não ter perdido a minha velocidade, estou a treinar duro para isso, analisando o que posso fazer.»

Em termos de tempos pessoais, nos 5000 metros, Mo Farah tem 12m53s11 (2010), e, nos 10000 metros, 26m46s57 (2011). Como curiosidade, refira-se que o melhor tempo pessoal do britânico na Meia-maratona aconteceu em Lisboa, em 2015: 59m32.