Agendada para 19 de setembro, a Meia-maratona do Porto 2021 acolherá um lote de atletas portugueses, já que não teremos atletas africanos na prova.

«A vacinação em África está muito atrasada», defendeu o diretor-geral da Runporto, Jorge Teixeira, na apresentação do evento. «Mesmo que os corredores viajem testados, algum poderia contrair o vírus aqui e seria passada uma imagem menos segura deste evento. Privilegiámos os portugueses e esperamos por mais confirmações.»

Deste modo, teremos uma espécie de Meia-maratona de Portugal, «que não existe em Portugal», defendeu Jorge Teixeira, já que os atletas nacionais convidados «estiveram nos Campeonatos Nacionais de Estrada».

LEIA TAMBÉM
Hermano Ferreira: «Um jovem não consegue viver do Atletismo em Portugal»

No masculino, os principais nomes da Meia-maratona do Porto 2021 são Rui Pedro Silva, Fernando Serrão, Rui Teixeira e Hélder Santos (todos do Sporting), José Moreira e Calos Costa (ambos do São Salvador do Campo), Luís Saraiva (Sporting de Braga), Nuno Lopes (Run4Club) e o brasileiro Flávio Guimarães. 

No feminino temos apenas Susana Godinho (Feirense) e Vanessa Carvalho (Sporting de Braga), com novos nomes a serem revelados nos próximos dias.

Jorge Teixeira garantiu que a sua prioridade é oferecer uma Meia-maratona do Porto 2021 «segura e a funcionar como regresso dos eventos de massas nas cidades de Porto e Vila Nova de Gaia».

A Meia-maratona do Porto, selo de bronze da World Athletics, contará com um máximo de 5.000 atletas inscritos devido à pandemia da Covid-19 e tem o seu início agendado para para à 8h00 do dia 19 de setembro.

FOTO: site da Meia-maratona do Porto