O Maratona Clube de Portugal revelou que a Meia-maratona de Lisboa 2021 foi adiada de 9 de maio para 12 de setembro devido a pandemia da Covid-19.

«É uma decisão muito difícil, mas depois de falar com todas as entidades competentes e com os nossos parceiros, chegámos à conclusão de que esta é a decisão mais acertada. A Meia-maratona de Lisboa é um ícone da cidade de Lisboa que envolve dezenas de milhares de participantes, incluindo milhares de corredores estrangeiros, e como tal, tem que ter todas as condições de segurança e saúde pública asseguradas para um evento desta dimensão. Optar por uma prova “condicionada” seria contra a natureza e o espírito da Meia-maratona de Lisboa, pelo que não tivemos outra alternativa», admitiu o presidente do Maratona Clube de Portugal, Carlos Moia.

LEIA TAMBÉM
Quatro dicas para fazer a sua primeira Meia-maratona

Através de um comunicado, a organização revela que, «à semelhança de situações anteriores», haverá três opções aos participantes já inscritos na Meia-maratona:

  • transferência das inscrições para setembro de 2021
  • transferência para a edição de 2022
  • transferência da inscrição para outro corredor sem qualquer prejuízo

O Maratona Clubde de Portugal revela ainda que a edição da Meia-maratona de Lisboa 2021, que marca o seu 30.º aniversário, terá várias iniciativas, que serão reveladas «em breve».

Refira-se que o Maratona Clube de Portugal revelou que uma das principais provas do calendário nacional, o Grande Prémio de Natal, vai ser realizado em modo virtual, oferecendo aos participantes uma máscara anti-Covid 19 exclusiva (leia aqui).