De certo modo, era uma notícia esperada por todos, mas agora é oficial: devido a epidemia do coronavírus, a Maratona de Roma, agendada para 29 de março, foi cancelada.

Só em Itália, o coronavírus já matou mais de 100 pessoas, além de apresentar cerca de 3000 pessoas contagiadas. Como tal, foi decidido cancelar a Maratona de Roma, como revelou os organizadores da prova:

«Esta é uma mensagem que nunca queríamos escrever, mas, lamentavelmente, e devido a emergência sanitária e de acordo com o que estabeleceu o decreto do Conselho de Ministros de 4 de março, a Acea Run Rome The Marathon, de 29 de março, foi cancelada.»

O comunicado revela ainda que «a saúde é um direito a que não se pode colocar em perigo» e que por isso foi tomada a decisão de cancelar a prova.

LEIA TAMBÉM
Maratona de Barcelona 2020: organização mantém data apesar do COVID-19

A organização do evento escreveu também que os finalistas de 2021 receberão não uma, mas duas medalhas, «a de 2020 como símbolo de resistência e a de 2021 como metáfora da dupla vitória».

View this post on Instagram

This is a message that we never wanted to write but unfortunately, following the health emergency in progress and the Government Decree, the #ACEARunRomeTheMarathon of 29 March has been cancelled. We have worked and invested so much into it. We did it with passion and professionalism. We changed the name, logo, communication. We thought of a marathon and an entirely new village. We had organised a great course offering music and surprises that would have surely amazed everyone. Like you, we worked very hard during the #RRTMGetReady training sessions, which we organised for free in Rome and in many Italian cities. We met, laughed and shared emotions with you. We also planned projects and especially goal time to be hit during the race. We photographed, filmed, as well as reposted your stories, your training sessions and achievements thousands of times. Let’s freeze this experience, passion and desire. Health is the only asset that we must NEVER jeopardise. But we would like to make you a promise: we will double the efforts, enthusiasm, and colour next time. The eternal city together with its beauty and history is here forever. Now, let’s put away those sad faces, as we are still marathon runners. We are strong, tenacious and stubborn. Nothing can stop our desire to run. We look forward to seeing you in 2021, your registration fee will be moved and guaranteed FOR ALL next year. We'll see you at the finish line in Via dei Fori Imperiali, which is the road used by the Romans steering their chariots. Finally, in the shadow of the Colosseum, we will put two medals around your neck. One for 2020, as a symbol of your strength and perseverance; and one for 2021 as a metaphor for your double victory. The one who falls and gets back up is so much stronger than the one who never fell. However, when we get up, we will RUN.

A post shared by ACEA Run Rome The Marathon (@runrome_themarathon) on

Recorde-se que, na terça-feira, o Governo italiano decretou uma lei na qual todos os eventos desportivos com mais de 3000 pessoas devem ser realizados à porta fechada até o dia 3 de abril, tudo com o intuito de impedir a difusão do coronavírus.

Esta é a segunda Maratona adiada em Itália devido ao coronavírus. A primeira foi a de Bolonha, que estava agendada para o dia 1 de março. A prova seria a primeira Maratona da cidade

Entretanto, a Maratona de Paris também teve novidades esta quinta-feira, como podemos ler aqui

LEIA TAMBÉM