A lista não pára de crescer: depois de inúmeras provas de estrada, agora é uma Ultramaratona no deserto do Sahara que acaba de ser cancelada devido ao surto de coronavírus. Falamos da Marathon des Sables, que tem lugar em Marrocos, uma das provas mais desejadas de todos os ultramaratonistas.

O anúncio do cancelamento da edição de 2020 da Marathon des Sables foi feito, através de comunicado, pela organização da prova, sustentando a sua decisão na «circular publicada pelo Ministério do Interior do Reino de Marrocos, a 4 de março de 2020, sobre a propagação do Coronavírus (COVID-19)».

Segundo o diretor de corrida, Patrick Bauer, que assina o comunicado, esta circular veio tornar como «muito provável a proibição da realização da 35.ª Marathon des Sables, prevista para o período entre 3 e 13 de abril de 2020».

LEIA TAMBÉM
Tiago Leal entre a elite da Marathon des Sables

Mundiais de Meia-maratona adiados para outubro devido ao coronavírus

Desta forma, a organização decidiu, «por precaução, anteciparmo-nos e assumirmos as nossas responsabilidades (…), adiando a edição deste ano para o período entre 18 e 28 de setembro».

Uma das mais exigentes Ultramaratonas do mundo

Recorde-se que a Marathon des Sables é, ainda hoje, considerada uma das corridas de aventura fisicamente mais exigentes no planeta, desde logo ao prolongar-se por sete dias, seis dos quais a contar para a classificação geral (a última etapa é uma prova solidária).

Tiago Leal é um dos portugueses que já teve a oportunidade de viver a singularidade da Marathon des Sables
Tiago Leal é um dos portugueses que já teve a oportunidade de viver a singularidade de uma das mais difíceis ultra-maratonas do mundo

Com um percurso que vai sendo alterado todos os anos, com cada etapa a variar igualmente nas distâncias de ano para ano, esta é uma Ultramaratona cuja distância total pode variar entre os 230 e os 250 quilómetros, com os participantes a serem obrigados a transportar às costas todos os seus pertences, comida incluída.

Já a água (apenas nove litros por dia), assim como as tendas onde descansar, são fornecidas pela organização.

LEIA TAMBÉM