O duelo que todos sonhavam na Maratona acontecerá em Londres, no próximo dia 26 de abril, já que a organização do evento confirmou a presença de Kenenisa Bekele na prova, que reencontrará o recordista do mundo da distância, o queniano Eliud Kipchoge.

A presença de Eliud Kipchoge já tinha sido confirmada há alguns dias. No início desta semana, entretanto, os organizadores da Maratona de Londres revelaram a elite masculina (e feminina) da corrida, sem a presença do nome mais desejado, o etíope Kenenisa Bekele.

Mas a surpresa aconteceu esta sexta-feira, com a organização da Maratona de Londres a confirmar a presença de Bekele, para alegria de muitos amantes do Atletismo, que esperavam um duelo entre o etíope e o queniano há algum tempo.

Recorde-se que Kipchoge, o primeiro homem a correr a Maratona em menos de 2h00, é o atual recordista do mundo dos 42,195 km, concretamente com 2h01m39 (Berlim 2018), apenas menos dois segundos que o melhor tempo de Bekele (Berlim 2019), que jamais ganhou em Londres em três participações.

O seu melhor resultado foi o segundo lugar em 2017, com o tempo de 2h05m57, atrás de Daniel Wanjiru, com 2h05m48.

Já Kipchoge, muito provavelmente o melhor maratonista de todos os tempos, vai tentar alcançar na capital inglesa o seu quinto título, após os triunfos em 2015, 2016, 2018 e 2019.

Recorde-se que, além de Kipchoge e Bekele, a Maratona de Londres contará com os também etíopes Mosinet Geremew e Mule Wasihun, que, no ano passado, terminaram a prova nas segunda e terceira posições, respetivamente, com os tempos de 2h02m55 e 2h03m16.

A corrida contará ainda com mais três atletas Sub-2h04, concretamente os etíopes Tamirat Tola (2h04m06) e Shura Kitata (2h04m49) e o queniano Marius Kipserem (2h04m11), além do quarto classificado do ano passado (e segundo em 2018), Shura Kitata, com 2h05m01.

Ou seja, muito provavelmente esta será a Maratona do ano em termos competitivos, mesmo superior a dos Jogos Olímpicos de Tóquio…

LEIA TAMBÉM