Hoje em dia a experimentar outro tipo de desafios, aquele que é um dos maiores atletas do Trail Running, o catalão Kilian Jornet, acaba de realizar mais um inesperado feito no alcatrão ao correr os 10,5 km de uma Maratona por estafetas a uma média de 3m03/km. Superando, inclusivamente, o recordista mundial dos 5.000 e 10.000 metros, Kenenisa Bekele!

Num ano em que já assumiu como objetivo estrear-se na Maratona, Kilian Jornet decidiu aceitar o desafio proposto pela NN Running Team, intitulado MA RA TH ON, uma iniciativa que passou por reunir uma equipa de quatro corredores para correrem uma Maratona virtual por estafetas, com cada um a correr 10,5 km.

LEIA TAMBÉM
Americano fixa novo recorde do mundo da Meia-maratona em passadeira… a 2.134 metros de altitude

O espanhol começou por fazer uma primeira tentativa, que acabou por ficar aquém do esperado… Isto porque, devido a um erro na aplicação Strava, o catalão acabou por correr menos 0,01 metros que o previsto (1049 km).

Não satisfeito, como o próprio acabou por explicar nas redes sociais, Kilian Jornet avançou para uma segunda tentativa, que acabou com um total de 10,6 km percorridos e o tempo de 32m25.

Além do mérito acrescido de ter sido feito já com metade de uma Meia-maratona nas pernas, este tempo confirma uma média por quilómetro de 3m03, sendo que Kilian terá mesmo corrido alguns quilómetro abaixo dos três minutos, a rondar os 2m56.

De resto, importa também referir que Kilian cumpriu os seus 10,6 km na zona onde reside, ou seja, nas imediações de Andalnes, localidade na Noruega, debaixo de uma temperatura de 12 graus, chuva e 41 metros de desnível.

LEIA TAMBÉM
Impossible Games: Jakob Ingebrigtsen conquista primeiro recorde absoluto e lidera família na derrota dos quenianos

Além de Kilian Jornet, faziam parte da equipa do espanhol o detentor da melhor marca sueca dos 3.000 obstáculos, Mustafá Mohamed, o sueco David Nilsson (2h10 na Maratona) e o corredor italiano de montanha Francesco Puppi, campeão mundial em 2017. Os quatro terminaram o desafio com o tempo de 2h08m38.

Estrelas do fundo também participaram

No desafio participaram as principais estrelas da NN Running Team, emparelhadas, à sorte, com corredores que se inscreveram de forma individual. Deste modo, podemos verificar que Kilian Jornet alcançou um melhor registo que, por exemplo, o recordista mundial dos 5.000 e 10.000 metros, Kenenisa Bekele. O qual, apesar de ter feito o desafio na sua pista pessoal em Sululta, na Etiópia, acabou completando os 10,5 km em 32m57.

Igualmente presente esteve o recordista mundial da Maratona, Eliud Kipchoge, completou a sua distância em 31m28, sinónimo de um ritmo médio de três minutos exactos e que foi o 15.º melhor tempo de entre todos os participantes.

Ainda assim, o atleta mais rápido no desafio foi o atual detentor da melhor marca mundial na Meia-maratona, o queniano Geoffrey Kamworor, que terminou com um ritmo médio de 2m51, terminando os 10,5 km em 30m08.