Foto: Blake Leeper Facebook

Apontado como o herdeiro de Oscar Pistorius, Blake Leeper acaba de ver o Tribunal Arbitral do Desporto recusar a pretensão do norte-americano de defrontar atletas sem qualquer deficiência. Isto porque, defende o tribunal, Leeper, amputado da duas pernas, está em vantagem face a um atleta sem limitações físicas.

A decisão do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), com sede em Lausanne, Suíça, surge na sequência de uma pretensão de Blake Leeper de participar nos 400 metros dos próximos Jogos Olímpicos de Tóquio, assim como na mesma distância em provas da federação internacional World Athletics.

No entanto, e segundo sentencia agora o TAD, Leeper beneficia da vantagem de correr com próteses de corrida semelhantes às do ex-atleta Pistorius, as quais «garantem-lhe uma altura vários centímetros superior à altura máxima possível caso tivesse as pernas biológicas».

LEIA TAMBÉM
Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio adiados para 2021

Embora tendo aceite em parte e até para esclarecer o ónus da prova o recurso interposto pelo norte-americano contra a decisão da World Athletics, que em fevereiro lhe negou a possibilidade de procurar a qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio nas provas organizadas pela federação internacional, uma vez «observadas as inúmeras provas apresentadas por especialistas», o TAD acabou concluindo que o Blake Leeper possui realmente uma vantagem sobre os seus potenciais rivais com ambas as pernas devido à referida «ajuda mecânica».

Foto: Blake Leeper Facebook

Vencedor de uma medalha de prata nos 400 metros e outra de bronze nos 200 metros dos Jogos Paralímpicos de Londres 2012, Blake pretendia repetir o feito alcançado pelo sul-africano Óscar Pistorius, que, nos Jogos Olímpicos desse mesmo ano, conseguiu competir com atletas não-deficientes.

Blake Leeper conseguiu suplantar uma dependência de álcool e drogas, que inclusivamente o afastaram durante dois anos da competição após um teste positivo a cocaína, para, já este ano, correr os 400 metros com as suas próteses laminadas em 44s42. Que foram agora proibidas…