A Great American Rail-Trail, com cerca de 6.000 km, cruza 12 estados dos Estados Unidos, um percurso que vai fazer as delícias de milhares de corredores (e não só…)

Corredores, mas também ciclistas, caminhantes e motociclistas, deverão percorrer esta trilha multiuso que começa em Washington DC, no Leste, e termina no estado de Washington, na costa do Pacífico.

Alguns dos números da Great American Rail-Trail
Alguns dos números da Great American Rail-Trail

Esta gigantesca trilha começou a ser construída em maio de 2019 e já conta com 3.200 km. Após a conclusão da Great American Rail-Tail, a rota vai conectar mais de 145 caminhos existentes.

LEIA TAMBÉM
Ciclovia no Lago di Garda de 140 km promete seduzir os corredores

Segundo a Rail-to-Trails Conservancy, este impressionante projeto será utilizado anualmente por cerca de 50 milhões de pessoas, principalmente ciclistas.

Em termos de comparação, refira-se que, na Europa, temos a EuroVelo 6, com 4.450 km e que atravessa 10 países entre o Atlântico e o Mar Negro.

Recorde-se que, em Portugal, temos alguns trilhos, talvez o mais importante a Via Algarviana, que atravessa o Algarve entre Alcoutim e Sagres. No entanto, é a Nacional 2 (N2) o percurso mais emblemático de Portugal:

«A Estrada Nacional 2 (N2) é a mais extensa estrada portuguesa, somando 739,26 quilómetros, e a única na Europa que atravessa um país em toda a sua longitude (há apenas mais duas no mundo: Route 66, nos EUA, e Ruta 40, na Argentina). Estende-se de Norte a Sul, ligando a cidade de Chaves, em Trás-os-Montes, à cidade de Faro, no Algarve», podemos ler no site rotan2.