George Hood WR Prancha

O norte-americano George Hood é o atual recordista mundial de prancha, quando, em fevereiro de 2020, alcançou o impressionante tempo de 8h15m15! Já Stuart McGill, professor de Biomecânica do Desporto na Universidade de Waterloo há 30 anos, revela que fazer uma prancha durante mais de 10 segundos é um… erro.

O norte-americano George Hood é o atual recordista mundial de prancha, um registo alcançado este ano, concretamente em fevereiro de 2020. No total, foram 8h15m15.

O surpreendente recorde, obtido pelo ex-Marine norte-americano com várias missões no Afeganistão, torna-se, de resto, ainda mais avassalador quando ficamos a saber a idade de George Hood: 62 anos!

LEIA TAMBÉM
Fazer prancha por mais de 10 segundos não traz qualquer benefício

Uma prova de que a idade não é limitativa, como prova George Hood, que continua, inquestionavelmente, em excelente forma, já que conseguiu manter-se na posição de prancha abdominal durante um dia de trabalho.

Superou o anterior recorde por mais de 15 minutos

Com a marca alcançada, o norte-americano pulverizou, de resto, o anterior recorde do mundo, que havia sido fixado pelo chinês Mao Weidong, o qual aguentou um total de oito horas e um minuto!

Por outro lado, e apesar do sucesso alcançado, de referir que o ex-Marine treinou afincadamente durante quase 18 meses, com especial dedicação nos últimos quatro antes do recorde, um árduo treino que viu frutos em fevereiro.

Com fins de beneficiência

A ajudar na motivação, o facto de George Hood ter assumido o desafio de bater o recorde mundial de prancha com propósitos beneméritos, mais concretamente pelo desejo de entregar todas as verbas amealhadas a uma organização responsável por apoiar doentes com problemas mentais.

Durante a tentativa, que ficou registada em vídeo, George Hood utilizou uma palhinha para beber água de uma garrafa e manter-se hidratado, ao mesmo tempo que, permanentemente, procurou descontrair ouvindo música.

George Hood já fez 10 horas de prancha

De resto, o norte-americano revelou ainda que, em 2018, chegou a aguentar 10 horas em prancha abdominal, tentativa que, no entanto, não terá sido presenciada e validada pelos juízes do Livro dos Recordes do Guiness.

No entanto, já a tentativa de fevereiro foi plenamente validada…

E agora o que questionamos é o seguinte: se fazer uma prancha durante 10 segundos é um erro, o que dizer de 8h15…