George Hood WR Prancha

Ao fazeres os teus exercícios, costumas fazer prancha? E achas que aguentas muito tempo? Muito provavelmente não tanto quanto o norte-americano George Hood, novo recordista mundial nesta difícil prática, com um tempo verdadeiramente fenomenal: 8h15m15!

O surpreendente recorde, obtido por este ex-Marine norte-americano com várias missões no Afeganistão, torna-se, de resto, ainda mais avassalador quando ficamos a saber a idade de George Hood: 62 anos!

No entanto, e apesar da idade já algo avançada, a verdade é que George Hood continua, inquestionavelmente, em excelente forma, já que conseguiu manter-se na posição de prancha abdominal durante nada menos do que oito horas, 15 minutos e 15 segundos!

LEIA TAMBÉM
Vídeo mostra os músculos que trabalhamos quando fazemos pranchas, flexões, agachamentos…

Superou o anterior recorde por mais de 15 minutos

Com a marca agora alcançada, o norte-americano pulverizou, de resto, o anterior recorde do mundo, que havia sido fixado pelo chinês Mao Weidong. o qual aguentou um total de oito horas e um minuto!

Por outro lado, e apesar do sucesso agora alcançado, a verdade é que o ex-Marine teve de treinar afincadamente durante quase 18 meses, com especial dedicação nos últimos quatro, para conseguir derrubar o anterior recorde do mundo.

Com fins de beneficiência

A ajudar na motivação, o facto de George Hood ter assumido este desafio de bater o recorde mundial de prancha com propósitos beneméritos, mais concretamente o desejo de entregar todas as verbas amealhadas a uma organização responsável por apoiar doentes com problemas mentais.

George Hood durante a tentativa de derrube do recorde do mundo, perante os juízes do Livro dos Recordes do Guiness
George Hood e a sua tentativa de derrube do recorde do mundo, perante os juízes do Livro dos Recordes do Guiness

Durante a tentativa, que ficou registada em vídeo, George Hood utilizou uma palhinha para beber água de uma garrafa e manter-se hidratado, ao mesmo tempo que procurava descontrair ouvindo, permanentemente, música.

Uma questão de validação

De resto, o norte-americano revelou ainda que, em 2018, chegou a aguentar 10 horas em prancha abdominal, tentativa que, no entanto, não terá sido presenciada e validada pelos juízes do Livro dos Recordes do Guiness.

No entanto, já a tentativa do passado dia 15 foi plenamente validada…