O francês Elisha Nochomovitz, de 32 anos e radicado em Balma, a sul de Toulouse, correu uma Maratona na varanda da sua casa. Num espaço de sete metros por um, o corredor, com 36 maratonas na sua carreira, decidiu dar um exemplo aos franceses, já que muitos desvalorizam a pandemia do coronavírus.

Só no ano passado, Elisha Nochomovitz correu 10 das suas 36 maratonas. Este ano, o gaulês já estava inscrito nas maratonas de Paris e Barcelona, ambas provas adiadas com a chegada da pandemia da Covid-19.

Por isso, viu-se obrigado a alterar por completo os seus hábitos, mas não a sua paixão.

Em confinamento em casa, Elisha Nochomovitz teve a ideia de correr uma Maratona na varanda da sua casa, concretamente num espaço de sete metros de comprimento por um de largura, o que acabou por conseguir com o tempo final de 6h48.

Em entrevistas à imprensa gaulesa, Elisha Nochomovitz procurou no entanto minimizar o seu feito, referindo que também encontrou vantagens em correr na varanda da sua casa, por exemplo, como ter uma casa de banho sempre disponível, não ser obrigado a pernoitar em hotéis, estar preocupado com os transportes e com os abastecimentos.

«Acima de tudo, o meu objetivo foi divertir-me e trazer um pouco de bálsamo aos profissionais da saúde, que estão na linha da frente desta pandemia. Eu queria minimizar a situação do confinamento com um pouco de humor. Temos de seguir as instruções do Governo e dos profissionais de saúde, que pedem para ficarmos em casa.»

O seu desafio, que admitiu que «não foi fácil devido a sua longa duração», foi acompanhado por mais de 21 mil pessoas na sua conta do Instagram, um apoio que foi fundamental para a conclusão do desafio.

LEIA TAMBÉM
Espanha: corredora agride polícia que a deteve por não respeitar proibição

Um desafio que poderá ter novas réplicas no futuro…

«Gostaria de melhorar o meu próprio recorde, acredito que que dei o melhor de mim. Ou talvez aumente a distância, para 50, 60 km…»

Elemento da equipa Brooks Run Happy Team, Elisha Nochomovitz mostrou sempre boa disposição durante o seu desafio. No final, disse que concluiu a Maratona da Minha Varanda, num evento onde não faltou nem a tradicional medalha.