Mo Farah e Galen Rupp, os dois mais recentes vencedores da Maratona de Chicago, vão estar presentes na edição deste ano da prova, agendada para o dia 13 de outubro.

No ano passado, Mo Farah ganhou a sua primeira World Marathon Major, evento que reúne as seis melhores Maratonas do Mundo (Tóquio, Boston, Londres, Berlim e Nova Iorque, além de Chicago). O britânico registou o tempo de 2h05m11 (atual recorde europeu da Maratona). Este ano, Farah correu a Maratona de Londres, com o tempo de 2h05m39.

Já Rupp venceu em 2017, com o tempo de 2h09m20, alcançando no ano passado, no mesmo local, 2h06m21, a 14 segundos do seu recorde pessoal. O norte-americano admitiu que é especial regressar a uma prova «especial» para si. «Espero voltar no meu melhor momento e dar tudo o que tenho em outubro», afirmou Rupp, que está próximo da sua recuperação total, após ser operado ao pé esquerdo. Um desejo que é compartilhado por Farah, que espera que a prova tenha um cartaz de alto nível, para assim aumentar a competitividade da corrida.

Farah e Rupp já foram colegas de treino

Com este regresso, Farah coloca um ponto final aos rumores de que poderia disputar o Mundial de Doha, concretamente na prova dos 10 mil metros, agendada para o dia 6 de outubro. Recorde-se que Farah venceu os últimos três Mundiais nos 10000 metros, um feito realmente apenas para os grandes.

LEIA TAMBÉM
Conselhos para correr a Maratona de Chicago

Outro dado a destacar é que Rupp e Farah já foram colegas de treino, concretamente em Oregon (Estados Unidos), sob às ordens do polémico Alberto Salazar.