Até pela espetacularidade, gravidade e impacto do acidente, a notícia merece ser dada: Fabio Jakobsen, o ciclista que sofreu um impressionante acidente no sprint final da primeira etapa da Volta à Polónia em bicicleta, já saiu do coma e, felizmente, encontra-se «bem».

A informação foi divulgada através da página oficial da Volta à Polónia em bicicleta na rede social Twitter, onde pode ler-se que «temos boas notícias do hospital em Sosnowiec. Fabio Jakobsen acaba de despertar do coma. A sua condição é boa».

Recorde-se que o ciclista holandês de 23 anos da formação da Deceuninck-QuickStep, onde também corre o português João Almeida, foi protagonista de um aparatoso acidente, já perto da linha de meta, numa altura em que seguia a quase 80 km/h.

O acidente, que deixou todos os desportistas arrepiados, sucedeu na sequência de uma manobra pouco ortodoxa do seu compatriota mas adversário da equipa Jumbo-Visma, Dylan Groenewegen, o qual, no sprint, e na tentativa de não deixar Jakobsen ultrapassá-lo, acabou «atirando-o» contra as barreiras laterais.

LEIA TAMBÉM
Campeão do mundo da Meia-maratona foi atropelado por uma moto

Sem possibilidade de impedir o acidente, Fabio Jakobsen acabou voando por cima das barreiras e embater contra um comissário que se encontrava a filmar a chegada. Ao mesmo tempo, junto à meta, assistiu-se a uma queda conjunta de vários ciclistas, inclusive do próprio Groenewegen, com mazelas também em atletas como Marc Sarreau (Groupama), com um traumatismo nas costas e roturas ligamentares múltiplas, Damien Touzé (Cofidis), com uma tripla fratura numa mão, e o espanhol Eduard Prades (Movistar), com uma fratura numa vértebra.

Quanto a Jakobsen e fruto da violência do embate, foi encaminhado para o hspital com graves lesões na zona da cabeça e rosto, que levaram a que estivesse durante cerca de cinco horas na mesa de operações e tivesse de ser colocado em coma induzido.

Fabio Jakobsen. Foto: Deceuninck-QuickStep
Fabio Jakobsen. Foto: Deceuninck-QuickStep

No entanto, apesar da gravidade das lesões, tudo parece ter corrido pelo melhor e a Fabio Jakobsen resta agora recuperar o melhor possível…

FOTO: Fabio Jakobsen Twitter