O inesperado resultado de Eliud Kipchoge na Maratona de Londres já é passado, com o queniano já a olhar para o futuro, concretamente para o dia 12 de outubro, segunda-feira, um ano depois de correr uma Maratona Sub-2h00.

Como era de esperar, Eliud Kipchoge não poderia ignorar que, na próxima segunda-feira, comemora-se o primeiro ano do desafio INEOS, no qual o queniano foi o principal protagonista após correr uma Maratona Sub-2h00, concretamente 1h59m40. Tudo aconteceu em Viena, numa iniciativa estudada ao milímetro.

LEIA TAMBÉM
Conheça os exercícios básicos de Eliud Kipchoge
Kipchoge ficou um mês em recuperação no ginásio após desafio Sub-2h00

Para comemorar o feito de ter corrido uma Maratona Sub-2h00, ou seja, em menos de 2h00, Eliud Kipchoge desafia agora os corredores de todos os lados a somarem, juntamente com ele, 25.000 milhas, cerca de 40.250 km, o equivalente a uma volta ao mundo.

«Quero continuar a inspirar o mundo a correr. Um mundo que corre é um mundo feliz», afirmou o atleta Sub-2h00 na Maratona Eliud Kichoge.

Deste modo, o Sub-2h00 Eliud Kipchoge espera que, na segunda-feira, milhares de corredores corram pelo menos uma milha (1,6 km) tendo como objetivo essa volta a mundo a correr, precisamente um ano depois de um dos feitos da História do Desporto mundial.

Recorde-se que o tempo de Eliud Kipchoge alcançado nas ruas de Viena não foi oficializado pela World Athletic, já que o evento contou com uma série de “ajudas” não permitidas pela entidade que rege o Atletismo mundial.

No entanto, o queniano é o detentor do recorde do mundo da Maratona, concretamente com o tempo de 1h59m39, alcançado nas ruas de Berlim, em 2019.

Por último, refira-se que, no seu curriculum, o queniano soma 13 maratonas oficiais, com 11 vitórias, um segundo lugar e um oitavo, alcançado precisamente em Londres no último domingo. Eliud Kipchoge tem ainda dois eventos Sub-2h00, um no Autódromo de Monza (2h00m25) e o de 2019, que agora será recordado na segunda-feira.