Eliud Kipchoge

Depois de muitas interrogações e dúvidas, eis que a confirmação acaba de ser dada: Eliud Kipchoge, o homem mais rápido do mundo na Maratona, acaba de anunciar que vai mesmo marcar presença nos 42,195 km dos JO2020!

É oficial: Eliud Kipchoge, fundista queniano que é também campeão olímpico da Maratona, vencedor das maratonas de Londres, Chicago, Berlim e Roterdão, vai estar à partida para a Maratona dos Jogos Olímpicos de 2020, que terão lugar no Japão.

Com a confirmação de Kipchoge, fica assim assegurada a presença de praticamente todos os pesos-pesados da atualidade, na Maratona, fazendo antever um confronto que, garantidamente, reunirá atenções um pouco por todo o mundo.

LEIA TAMBÉM
Sim, teremos um duelo entre Kipchoge e Bekele na Maratona de Londres

Além do detentor da melhor marca mundial na distância, a Maratona olímpica, que será realizada em Sapporo, tem igualmente asseguradas as presenças de Lawrence Cherono, vencedor de edição de 2019 das maratonas de Boston e Chicago, e que tem como melhor marca nos 42,195 km 2h04m06, além de Amos Kipruto, medalha de bronze nos Mundiais de Doha, cujo melhor tempo está fixado nas 2h05m43.

No Japão, Kipchoge, que é o campeão olímpico em título, tentará um feito até agora só alcançado por um maratonista, Abebe Bikila, que conseguiu ser medalha de ouro na distância em dois Jogos consecutivos: Roma 1960 e Tóquio 1964.

Kosgei lidera favoritismo feminino

Mas se, no setor masculino, a próxima Maratona olímpica promete manter muitos portugueses colados à televisão, na competição feminina a expetativa promete não ser menor, com Brigid Kosgei a liderar um triunvirato de favoritas, do qual fazem ainda parte Ruth Chepngetich e Vivian Cheruiyot.

Principal favorita à vitória na classificação feminina da Maratona Olímpica de Tóquio, Brigid Kosgei terá, no entanto, concorrência difícil
Principal favorita à vitória na classificação feminina da Maratona Olímpica de Tóquio, Brigid Kosgei terá, no entanto, concorrência difícil

Também ela com presença já assegurada na próxima Maratona de Londres, Kosgei prepara-se para Sapporo com um cartão de visita no qual consta a vitória na Maratona de Chicago de 2019 com o tempo de 2h14m03. Marca que lhe permitiu destronar o recorde fixado por Paula Radcliffe em 2003, com o tempo de 2h15m25.

A disputar o favoritismo de Kosgei, surge Chepngetich, campeã do mundo no Mundial do Dubai, em 2019, com o tempo de 2h17m08, além de Vivian Cheruiyot, que tem como melhor tempo 2h18m31, marca obtida em 2018.

LEIA TAMBÉM