Filipe Robert conseguiu correr recentemente 42 km com uma máscara, a sua distância mais longa até ao momento com o utensílio da moda na corrida. Estivemos à conversa com o mentor do projeto do canal do YouTube RunRobertRun, que acredita que, desde que não se imprima um ritmo muito forte, todos conseguem correr com máscara.

Correu a corrida virtual Circuito Corithians de máscara. Como é correr com máscara?
Corro com máscara há cerca de dois meses e hoje estou totalmente adaptado. Mas, no começo, foi bem complicado…

Porquê? O que recorda desse início?
Estava a correr no quintal de casa e cheguei a fazer uma Meia-maratona… No entanto, o meu quintal é muito pequeno e o esforço físico era realmente enorme, não dava mais para continuar a correr por lá. Decidi então sair, sempre em horários alternativos numa primeira fase. Entretanto, a minha cidade começou a exigir o uso de máscara, o que acabou por faze com que corresse com ela.

E como foi a sua adaptação? Mais fácil do que esperava?
Sim, foi bem mais fácil do que esperava. Sinceramente, acreditava que não iria conseguir, já que vi muitas inverdades nas redes sociais, algo que me deixou inclusive assustado. Corri com uma bandana na primeira vez, mas ela escorregava e não prendia no meu rosto, além de ser bem quente. Na minha cidade vendem umas máscaras de tecido Oxford, mais fino, e resolvi correr com elas. Felizmente consegui adaptar-me.

LEIA TAMBÉM
Quando a paixão pelo meu clube de futebol fez-me correr 42 km

Mas decidiu correr com máscara por alguma razão especial, já que há opiniões científicas divergentes sobre esta questão? Qual foi a sua base de decisão? Um especialista que confia? O seu entendimento geral sobre a pandemia?
Três razões: por respeito ao próximo, a exigência do uso da máscara na via pública e por ouvir várias opiniões de pessoas sensatas, especialistas na área. Quem diz que podemos morrer ao correr com máscara simplesmente não sabe o que está a falar. Se isso fosse verdade, não teríamos várias empresas de renome a produzir máscaras… O único risco que temos ao usar a máscara é aumentarmos o nosso ritmo e precisarmos de mais oxigénio. Mas, se isso acontecer, é simples: abrandar o ritmo.

Filipe Robert correu 42 km com uma máscara
Filipe Robert correu 42 km com uma máscara

E agora corre sempre com ela, em todos os treinos? Ou varia?
Corro todos os treinos de máscara.

E qual a maior diferença que costuma sentir ao correr com máscara?
Principalmente numa subida, quando preciso de mais oxigénio. Por isso, o meu conselho é, quando isso acontecer, não aumentar o ritmo. No entanto, se corres a um ritmo moderado, onde não precisas de tanto oxigénio e o esforço é menor, acredito que qualquer pessoa consegue correr quantos quilómetros quiser com uma máscara. Por exemplo, nestes 42 km, fiz uma média de 6m30 por km, quando o meu normal em provas de logas distâncias é 5m30.

Além das subidas, vê outro inconveniente?
Quando está muito sol. Fica uma sauna correr com a máscara e ela fica molhada muito muito mais rápido.

E o que faz para evitar esse desconforto?
Quando vou correr levo sempre comigo mais de duas máscaras suplentes. Para não perder a eficácia da proteção, troco elas durante a corrida.

E qual máscara costuma utilizar?
Máscaras de tecido, que são mais finas e não sufocam.

Quando esta pandemia terminar, pretende correr ainda com máscara, mesmo que seja de vez em quando?
Não pretendo nuncamais correr com máscara…