O Mundo do Desporto parou durante cerca de 17 horas para ver a performance de Chris Nikic na Flórida, atleta com síndrome de Down. O norte-americano conseguiu o seu objetivo e tornou-se no primeiro atleta com síndrome de Down a terminar um Ironman.

«Serei o primeiro Ironman com síndrome de Down», afirmou Chris Nikic (leia aqui a sua história). E conseguiu! Com 21 anos, concretamente no Panama City Beach, na Flórida, numa prova acompanhada por milhares de pessoas ao redor do mundo.

Sempre ao lado do seu treinador, Dan Grieb, o norte-americano cruzou a meta em 16h46m09, ou seja cerca de 14 minutos a menos do tempo limite da prova.

As suas parciais foram as seguintes:

  • Natação (3,86 km): 1h54m39
  • Ciclismo (180,2 km): 8h12m37
  • Corrida (Maratona, 42,195 km): 6h18m48

«Para Chris, a corrida foi mais do que apenas a linha de chegada e as comemorações dos vencedores. Ele é um exemplo para outras crianças e famílias que têm de superar obstáculos semelhantes, ele mostrou que nenhum sonho é muito grande ou nenhuma meta é muito alta», afirmou o orgulhoso pai de Chris no final da prova à imprensa local.

De referir que Chris, no segmento de ciclismo, Chris chegou a cair e não desistiu, o que aumenta ainda mais a sua façanha.

Com este desafio superado, Chris Nikic provou que todos podem alcançar o seu objetivo com dedicação e resiliência, mesmo quem tem síndrome de Down, como ele. A história do norte-americano apaixonou o mundo na última semana e, felizmente, teve um final feliz, com o norte-americano a ser um exemplo hoje para milhões de pessoas.

Mesmo com síndrome de Down, Chris Nikic terminou o Ironman
Mesmo com síndrome de Down, Chris Nikic terminou o Ironman

Por último, de referir que os vencedores do Panama City Beach foram Chris Leiferman (7h52m41) e Katrina Matthews (8m40s50).