Jorge Lemos, corredor há 11 anos, com quatro Maratonas nos pés, calçou os novos Saucony Guide 13 e ficou bastante surpreendido com o modelo, ainda mais por jamais ter corrido com uns ténis da marca norte-americana.

Comecemos pelo fim: os Saucony Guide 13 são realmente uns ténis muito acima da média, umas sapatilhas que oferecem uma estabilidade que eu, sinceramente, não esperava.

Confesso que a Saucony nunca me apaixonou, jamais coloquei a marca como hipótese na hora da escolha de ténis para a corrida. Mas, depois de correr cerca de 120 km com os Saucony Guide 13, hoje me arrependo, profundamente…

Vamos agora começar pelo início: sucessor dos Saucony Guide ISO 2, os Guide 13 apresentam a novidade PWRRUN, uma espuma localizada na meia-sola. Como não conheço os anteriores modelos, apenas posso dar a minha opinião sobre estes ténis.

E é absolutamente positiva, pois realmente temos um amortecimento bastante significativo a cada passada, o que permite termos uma reação energética para a passada seguinte.

Ao contrário do que acontece em muitos ténis, mesmo nas principais marcas do mercado, não sentimos o indesejável impacto do pé com o chão com a tecnologia PWRRUN+, apesar de sempre existir, evidentemente.

Mas, com os Guide 13, esse impacto é realmente minimizado ao máximo, sem dúvida o dado que me deixou mais impressionado, algo realmente que não esperava.

Assim como o ajuste ao nosso pé, tudo devido a outra sigla que as marcas gostam de criar, concretamente a FORMFIT, que utiliza camadas de amortecimento, concretamente três, segundo a marca:

  • Camada superior: adapta-se ao seu pé e molda-se de acordo com a nossa passada
  • Camada intermediária: adapta-se aos pontos de passada e a pressão exercida pela corrida
  • Camada inferior: reativa e com um contorno para manter o pé no seu lugar

Parlapiê à parte, o que posso assegurar é que estas três camadas oferecem um ajuste seguro aos nossos pés, o que faz com que os ténis não “escorreguem” quando corremos.

Ou seja, é realmente bastante estável correr com as Guide 13, outro fator que nem sempre vemos em outros modelos das marcas mais badaladas do mercado, muito pelo contrário.

Esta estabilidade poderia significar algum desconforto nos pés, mas a verdade é precisamente o contrário. É um ténis realmente bastante confortável, o que, à primeira vista, não deixou de surpreender, já que esperava umas sapatilhas “mais duras”, previsão totalmente infundada com o decorrer das corridas.

O Guide 13 é, definitivamente, um modelo surpreendentemente leve e responsivo, um modelo com uma incrível estabilidade e “flexível”, apesar da sua aparência robusta. A espuma PWRRUN transmite realmente boas sensações, seja para os treinos de 1 hora, mas também para treinos mais longos, de 2 horas ou mais.

Confesso: fiquei realmente bastante surpreso com o desempenho deste modelo. E apenas lamento ter ignorado a Saucony nos últimos 11 anos…

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.