Martin Fiz Espanha

Considerados dois dos melhores atletas espanhóis de sempre, Martin Fiz, fundista que foi também campeão mundial da Maratona em 1995, e Abel Antón, medalha de ouro nos Mundiais de 1997 e 1999, costumam utilizar as suas redes sociais para transmitir conselhos importantíssimos para quem quer fazer uma Maratona ou apenas 10 km.

Ambos fundistas de mérito, sendo que Antón foi mesmo o primeiro corredor espanhol a conseguir vencer, em 1998, a mítica Maratona de Londres, os dois atletas espanhóis mantêm ainda hoje marcas de referência, tanto nos 10.000 metros como na Maratona.

No caso de Abel Antón, hoje em dia com 58 anos, o atleta de Ojuel, na região de Soria, Espanha, mantém como melhor tempo nos 10.000 metros 27m51s’37, ao passo que, na Maratona, detém como melhor registo 2h07m57.

Quanto a Martin Fiz, hoje em dia também com 58 anos e que, já como veterano, voltou a surpreender o mundo ao sagrar-se campeão e vice-campeão do Mundo na categoria de maiores de 55 anos, ostenta como melhor registo nos 10.000 metros 27m49s61 e 2h08m05 na Maratona.

LEIA TAMBÉM
Conheça quatro métodos de treinos de corrida para desenjoar

Atletas experientes, os dois corredores revelaram os respetivos planos de treino que consideram ser os mais adequados, não só para quem pretende preparar-se para uma prova de 10.000 metros, como também para uma Maratona. A saber:

Treino de preparação para uma prova de 10.000 metros (pensado para ser colocado em prática cinco dias antes de um campeonato ou prova)

  • O plano de Abel Antón
    Aquecimento, seguido de duas séries de 3.000 metros com uma pausa para recuperação de 4m00, sendo que o objetivo deve ser uma marca de 8m10 na primeira corrida e de 8m05 na segunda
  • O plano de Martin Fiz
    Aquecimento, seguido de duas séries de 3.000 metros, com um tempo de referência de 5m20, mais uma série de 1.000 metros para um tempo de 2m35. Tudo isto intervalado com períodos de paragem para recuperação de 3m30.
Martin Fiz

Treino de preparação para uma Maratona (concebido para ser realizado nos oito dias antes de uma Maratona)

  • O plano de Abel Antón
    Aquecimento, seguido de duas séries de 6.000 metros, com 4m00 de paragem para recuperação. Isto com um ritmo ideal de 2m48/50 ao quilómetro
  • O plano de Martin Fiz
    Aquecimento, seguido de duas séries de 4.000 metros, mais uma série de 5.000 metros, com 4m00 de paragem para recuperação. Quanto ao ritmo, o objetivo deve ser uma média de 2m58/km nos 4.000 metros e de 2m52/km nos 5000 metros

A terminar, frisar apenas que fazer estes planos de treinos aos ritmos fixados pelos dois atletas não é, definitivamente, algo nada fácil para corredores amadores. Portanto, se não conseguir, não desanime e adapte a série ao seu ritmo.