Passadeira

Ao contrário do que muitos possam pensar, há inúmeros acidentes que ocorrem quando corremos na passadeira/esteira, principalmente quedas que podem causar acidentes graves.

Para não ter uma surpresa desagradável enquanto corre, procure seguir estas dicas.

  • Usar sempre o dispositivo de emergência que a passadeira/esteira possui evita em muito acidentes. Na maioria delas é um fio com uma mola que se deve prender à roupa. Se o equipamento se desprender da passadeira, o sistema de segurança é ativado e a passadeira pára
  • Para dar início à atividade deve começar com uma caminhada lenta e segurar as barras de apoio. Após o período de reconhecimento e de adaptação à atividade, pode começar a evoluir, ou seja, soltar aos poucos os apoios e aumentar a velocidade
  • Se deseja evitar acidentes, deve focar-se e concentrar-se na atividade que está a realizar, ou seja, não se distraia a olhar para o lado, a conversar com outras pessoas ou retirar a roupa em pleno exercício na passadeira/esteira

LEIA TAMBÉM
Passadeira: de aparelho de tortura a aparelho estrela durante a pandemia

  • Mantenha uma postura natural, como se estivesse na rua. Olhe em frente e não para os pés, caso contrário poderá gerar tonturas
  • Concentre-se nos aspetos técnicos da marcha/ corrida: pés bem apoiados, ombros relaxados, cotovelos dobrados e costas direitas
  • Respeite a sua condição física e os limites físicos do seu corpo Adapte a intensidade, a inclinação e a duração à sua performance
  • Se sentir dores ou cansaço na passadeira/esteira, adapte a intensidade e a inclinação de forma a melhorar o seu estado físico e, consequentemente, evitar acidentes
Passadeira/esteira pode provocas sérios acidentes
Passadeira/esteira pode provocas sérios acidentes
  • Não pare a passadeira abrutamente. Reduza a inclinação e a intensidade
  • Após a paragem da passadeira é normal sentir tonturas. A melhor opção é aguardar um pouco até as tonturas desaparecerem