Hélio Fumo, um dos principais corredores de Portugal, vai correr 12 horas ao redor do Campo Pequeno em troca de bens alimentares no póximo dia 6 de junho. A iniciativa Alimenta esta Corrida é a sua energia para superar o desafio.

Como surgiu a iniciativa Alimenta esta Corrida?
Habitualmente, faço dois treinos solidários por ano, sendo que cada participante leva em troca de bens alimentares. Na contingência atual em que não podemos juntar grandes grupos de treino, lancei a mim mesmo o desafio de correr 12 horas a volta do Campo Pequeno. E, para alimentarem a minha corrida, as pessoas podem trazer alimentos que serão entregues a Paroquia da Póvoa de St. Adrião, como habitualmente.
Quando partilhei esta ideia com alguns amigos, eles imediatamente quiseram também fazer parte e juntos construímos aquilo que hoje é o Alimenta esta Corrida.

E, concretamente, o que é o Alimenta esta Corrida?
É um movimento de angariação de bens alimentares, do qual já fazem parte mais de 50 organizações espalhadas pelo país, sendo que cada uma delas escolhe uma instituição a qual são entregues os bens recolhidos e que, por sua vez, apoiam diretamente famílias necessitadas.
Durante a recolha dos bens, por um determinado período de tempo, cada organização estará a cumprir um desafio, seja corrida, subir escadas, crossfit, etc., consoante a natureza do grupo. Qualquer pessoa pode selecionar a recolha mais perto de si, na nossa página de Facebook, e ir diretamente entregar os bens.
Adicionalmente, ainda o Alimenta esta Corrida era apenas uma ideia minha, partilhei-a com a Compressport, o meu patrocinador oficial, que prontamente se mostrou disponível para oferecer meias de compressão/descanso aos profissionais de saúde dedicados a Covid-19 (uma ação semelhante ao que fizeram em França e Suíça) e ainda um pack de 30 camisolas de treino que serão leiloadas em troca de bens alimentares.

Está surpreso com a onda de solidariedade de várias figuras públicas e não só ao redor desta iniciativa?
No início não tinha dúvidas de que o Pedro Fernandes e Aurora Cunha me iriam apoiar nesta iniciativa, sendo eles por isso os padrinhos do Alimenta esta Corrida.
Mas claro que fiquei surpreso, quer por diversas figuras públicas se terem juntado a nós, mas também com todos os grupos e pessoas que estão a recolher os bens. A iniciativa tomou uma dimensão que eu não tinha imaginado.

O cartaz do Alimente esta Corrida onde Hélio Fumo é um dos principais promotores
O cartaz do Alimente esta Corrida onde Hélio Fumo é um dos principais promotores

Mas sempre teve esse desejo de ser nacional ou foi algo que acabou por surgir naturalmente?
Foi algo partilhado entre amigos e que foi crescendo. Claro que eu, no meu íntimo, já tinha o desejo, e ainda tenho, de podermos estar presentes em todos os concelhos.

Em relação ao Hélio Fumo em concreto, como vai ser a sua participação nesta iniciativa no próximo sábado?
A minha participação é um desafio que propus a mim mesmo, de estar a correr a volta da Praça de Touros do Campo Pequeno, entre as 8h e as 20h. Escolhi este horário por simbolizar as três principais refeições do dia, que muitas famílias podem estar com dificuldades em fazer. Tratando-se de 12 horas em que é necessário mais resistência mental que física, conto com a presença de alguns amigos, que vão estar presentes.
No final do dia desejo que a carrinha da Paróquia de Santo Adrião volte a sua casa o mais cheia possível, de forma a ajudar muitas famílias, como outrora ajudou a minha.

As pessoas podem correr consigo, por exemplo?
Não, pois isso poderia originar um ajuntamento de pessoas que não é pretendido em nenhum dos eventos. Aqueles que referi, que me irão ajudar, estão previamente agendados.

Vergonha de Pedir Ajuda com Psicóloga Diana Gaspar

Vergonha de Pedir Ajuda com Psicóloga Diana Gaspar#eualimentoestacorrida

Publicado por Helio Fumo em Domingo, 31 de maio de 2020

Que mensagem gostaria de pedir aos lisboetas?
Não se trata propriamente de uma mensagem, mas sim de um bem alimentar. Qualquer pessoa pode ir à página Alimenta esta Corrida, escolher um evento e contribuir. Temos vários em Lisboa.

Até ao momento, tem ideia de quantos quilos já recolheram de bens alimentares?
Todas as organizações irão fazer a sua recolha no dia 6 de junho, num horário estabelecido entre às 8h e às 20h. Como disse, já temos cerca de 70 pontos de recolha.