A 7.ª edição da Corrida Fernanda Ribeiro realiza-se a 10 de maio, com a partida e chegada junto a Câmara Municipal da Maia. Com uma corrida de dez e quatro quilómetros, a prova já é um marco na cidade, algo que orgulha a campeã olímpica nos 10000 metros em Atlanta 1996, a atleta nacional mais medalhada em grandes competições internacionais.

A Corrida Fernanda Ribeiro celebra, este ano, a sua sétima edição. Já não muito longe de comemorar o número redondo de 10 edições, que avaliação faz do caminho percorrido até aqui?
A Corrida Fernanda Ribeiro (veja aqui como foi a corrida no ano passado), até à data, tem sido uma aposta ganha e tem excedido as nossas expetativas, quer na participação, quer na qualidade do evento…

Recorda-se como tudo começou?
No projeto da Academia estão previstos eventos e um deles é uma corrida de estrada. A primeira edição foi da inteira responsabilidade da Academia e foi uma experiência que nos levou a procurar parcerias especializadas. Queremos oferecer uma corrida que perdure e que as pessoas se sintam felizes.

LEIA TAMBÉM
Fernanda Ribeiro: «É gratificante ver que pessoas que antes me insultavam hoje correm»

Hoje em dia, e cumpridas que estão as seis edições, o que representa, para a Fernanda Ribeiro, uma homenagem como esta?
É o reconhecimento da minha dedicação ao Atletismo e a afirmação de uma boa corrida de estrada na Maia, por forma a promover a corrida e caminhada na forma de lazer, saúde e bem-estar.

A Corrida Fernanda Ribeiro é composta de uma corrida de 10 km e uma caminhada de 4 km. Nunca lhe apeteceu aumentar as distâncias?
A Maia é uma cidade com muito declive e o sobe e desce é quase uma constante. Por isso, já temos dificuldades em suavizar este percurso de duas voltas para os 10 km. Se aumentarmos a distância fica uma corrida muito exigente e pouco apelativa à participação popular.

Este ano, e quanto à participação, quais são as expectativas?
Se mantivermos o número de participantes este ano já é bom!… Neste momento há uma diminuição na participação nas provas de estrada. A realização de muitas provas, e algumas até no mesmo dia, aliadas ao custo que fica para quem quer correr quase todos os fins-de-semana, faz com que as pessoas selecionem e não façam provas todos os fins-de-semana.

As fotos com Fernando Ribeiro são uma constante na sua corrida
As fotos com Fernando Ribeiro são uma constante na sua corrida

LEIA TAMBÉM

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.