«All Eyez On Me»: Tupac por dentro e por fora

20 anos depois da sua morte, Tupac Shakur continua a ser um ícone do hip-hop. As suas letras continuam a expor podres da sociedade e a provocar mentes para melhorar essa mesma sociedade. Nesta película, entramos na vida do rapper, nos seus dilemas e mensagens, nos seus problemas e criatividade e exploramos o submundo pouco transparente das editoras. O texto é de Sérgio Diamantino.

 

«All Eyes On Me» mostra a vida de Tupac Shakur e a forma como as editoras tomam conta da imagem e do estilo de vida dos seus artistas. É uma troca de necessidades. Os artistas querem exposição, as editoras querem negócio rentável e todos querem dinheiro. Uma mão lava a outra e as duas lavam a cara. Mas às vezes uma mão leva mais água que outra e a cara que se lava nem sempre é a que se pensa. O realizador Benny Boom (que já nos trouxe SWAT: Firefight) conta muito bem essa história.

Ainda hoje se está para descobrir quem assassinou Tupac e é tão legítimo falar-se de lutas de gangs como em querelas de editoras. Afinal, os egos artístico-monetários no mundo do hip-hop americano são bastante inflamados.

O actor Demetrius Shipp Jr está fantástico como Tupac. As semelhanças físicas são notórias, aliás, o próprio realizador afirmou que quando viu uma fotografia do actor pensou ser uma fotografia do músico. Mas não é apenas o actor que tem semelhanças com a realizade. Todo o argumento toca em momentos primordiais e episódios importantes da vida do rapper. Fosse este filme um documentário talvez não estivesse tão perto dos factos.

Assistimos a um Tupac a nascer no início do filme – ainda na barriga da mãe, líder dos Panteras Negras na luta pelos direitos civis, e o vemos criança nas ruas de Nova Iorque e Baltimore sempre que, de tempos a tempos, tinha de mudar de casa. Mas o Vemos a nascer como artista no palco sempre com palavras de Shakespeare na mente.

 

Ficha técnica:

Título em português: «All Eyez On Me»
Título original: «All Eyez On Me»
De: Benny Boom
Com: Demetrius Shipp Jr, Danai Gurira, Kat Graham, Hill Harper, Jamal Woodlard e Dominic L. Santana
Género: Biografia / Drama
País: EUA
Duração: 140 minutos
Ano: 2017

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos