João Pereira é campeão europeu de triatlo na distância sprint

Após ter alcançado o título de campeão europeu de Triatlo na distância olímpica na semana passada, o português João Pereira conquistou este sábado o título de campeão europeu na distância sprint (8750 metros de natação, 20 quilómetros de ciclismo e cinco quilómetros de atletismo). A prova decorreu em Dusseldorf, na Alemanha.

 

«Depois de a semana passada me ter sagrado Campeão da Europa na Distância Olímpica hoje consigo sagrar-me Campeão da Europa na Distância Sprint. Não podia estar mais feliz com estes dois resultados!! Obrigado a todos. Que semana 5 estrelas», escreveu João Pereira, que terminou a prova com o tempo de 57m33, três segundos a menos que o francês Pierre Le Corre.

Recorde-se que o título na distância olímpica foi alcançado após um enorme sprint contra o francês Raphael Montoya (leia e veja aqui).

Como aconteceu também há uma semana, João Silva conquistou a medalha de bronze, com mais quatro segundos que Pereira. Nota ainda para Miguel Arraiolos (16.º, com 58m31) e David Luís (26.º, com 59m29).

No feminino, Vanessa Fernandes terminou na 11.ª posição (1h04m32), enquanto Melanie Santos cortou a meta na 15.ª posição (1h04m53). A vencedora foi a alemã Laura Lindemann (1h03m35).

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos