Bicampeã mundial e campeã olímpica de triatlo Gwen Jorgensen vai virar maratonista

A norte-americana Gwen Jorgensen, bicampeã do Mundo em 2014 e 2015 e medalha de ouro nos Jogos do Rio de Janeiro 2016 no triatlo, revelou que vai deixar a modalidade para se entregar a Maratona. O objetivo é alcançar a medalha de ouro em Tóquio2020.

 

«O triatlo já não me motiva mais como antes», afirmou Gwen Jorgensen à NBC, justificando a sua decisão, que causou uma enorme surpresa na modalidade.

 

 

«Para alcançares as tuas metas tens de investir e não fazer sacrifícios», escreveu Jorgensen na sua conta do Twitter antes de revelar a sua decisão de apostar na Maratona, cuja estreia aconteceu em 2016, na Maratona de Nova Iorque, quando alcançou o tempo de 2h41m01, um registo bastante atraente, tendo em conta a desgastante época que teve no triatlo, além da sua participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, quando alcançou a ambicionada medalha de ouro.

Como comparação, refira-se que a vencedora deste ano da prova na Big Apple no passado domingo, a norte-americana Shalane Flanagan, terminou a Maratona de Nova Iorque com o tempo de 2h26m53 (leia aqui).

 

 

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos