Os dez conselhos e o treino do bicampeão europeu de Triatlo para a corrida

João Pereira venceu em uma semana o Campeonato da Europa de Triatlo nas distâncias olímpica (1,5 km de natação, 45 km de ciclismo e 10 km de corrida) e sprint (750 metros de natação, 20 km de ciclismo e 5 km de corrida). O português tem na corrida um dos seus segredos. Aqui ficam dez conselhos do bicampeão europeu para melhorarmos a nossa perfomance nas estradas, além de um treino típico.

 

Qual dos três segmentos se sente mais à vontade?
O segmento de corrida é aquele em que estou mais à vontade.

Concretamente sobre a corrida, poderia resumir o seu plano de treinos semanal?
O meu plano de treino depende muito da época em que me encontro. Durante o inverno (entre Novembro e Janeiro) é o período em que colocamos mais carga, os treinos são mais longos e mais lentos. Nesta fase realizo muitos treinos longos e muito fartlek. Um treino semanal durante esta fase seria: quatro treinos de 20km, onde três são de treino intervalados e um lento a rolar. Durante a primavera e as competições já treinamos maioritariamente o ganho de velocidade. Um treino semanal durante esta fase seria: um treino longo lento e a rolar; um treino de séries VO2, um treino de séries linear, um treino fartlek ou sprints curtos.

O que significa a corrida para você?
Para mim correr é um prazer e uma sensação de liberdade! É ótimo para organizar as ideias!

 

LEIA TAMBÉM

João Pereira, o homem do bicampeonato europeu de triatlo em uma semana

João Pereira e Tóquio2020: «O objetivo é melhorar o 5.º lugar alcançado no Rio2016»

 

Poderia dar dez conselhos para melhorarmos a nossa corrida?

1. Corra sempre com confiança e com a certeza de que é capaz de alcançar o objetivo a que se propõem
2. Tire o máximo de prazer daquilo que está a fazer, aproveite o momento
3. Tenha especial cuidado com o calçado que usa. Escolha uns ténis que sejam adequados ao seu tipo de passada e ao tipo de corrida que vai realizar
4. Hidrate-se sempre bem antes, durante e depois da corrida
5. Sempre que possível corra acompanhado
6. Não se esqueça de alongar devidamente no final da corrida
7. Tenha especial atenção à alimentação
8. Durante o treino tenha pensamentos leves
9. Escolhas os seus percursos de forma criteriosa
10. Explore a sua corrida e o seu potencial, supere-se a cada corrida.

A felicidade de João Pereira após o título europeu de triatlo na distância sprint
Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos