Estratégia errada de Walmsley “oferece” vitória para Ryan Sandes na Western States 100

Uma estratégia de certo modo de principiante de Jim Walmsley acabou por beneficiar o sul-africano Ryan Sandes na Western States 100 (160 km), que venceu pela primeira vez a prova, uma das mais importantes a nível mundial do calendário de Trail. Ainda não foi desta que o norte-americano ganhou a prova, que esteve próximo de triunfar no ano passado, quando se perdeu a 8 km da meta…

 

Num ritmo diabólico, Walmsley dominou a corrida desde o início, correndo para o seu grande objetivo: alcançar o tempo de 14 horas, o que seria um recorde astronómico.

E a verdade é que muitos acreditaram que conseguiria, pois o norte-americano foi realmente um “foguete” em 2/3 da corrida. O problema foi o restante 1/3…

Mas, e devido ao intenso calor, Walmsley foi quebrando aos poucos e as pernas acabaram por sentir. Aos poucos, milha após milha, com uma estratégia exemplar, concretamente com uma abordagem cautelosa na primeira parte da Western States 100, o sul-africano Ryan Sandes foi encurtando a distância e assumiu a liderança cerca das 72 milhas.

Depois, e apesar da ameaça de Alex Nichols, Sandes, de 35 anos, conseguiu controlar o cansaço e venceu a prova com o temo de 16h19m37, menos 28 minutos que Nichols. De referir que o sul-africano terminou a Western States 100 na segunda posição em 2012 com o tempo de 15h03m56, mas foi este domingo que conseguiu oferecer ao seu país o primeiro triunfo na prova.

 

Veja aqui o documentário da incrível história de Walmsley no ano passado,
numa das corridas de sempre da Western States 100

 

Entretanto, Jim Walmsley abandonou a corrida devido ao seu louco anseio de alcançar o recorde. A sua falta de experiência acabou mais uma vez por ditar a sua derrota, já que poucos acreditavam que a vitória não ficaria consigo se tivesse imposto um ritmo mais em conta devido a elevada temperatura.

Esta foi a primeira vitória de Ryan Sandes na Western States 100 e no Ultra-Trail World Tour desde que ganhou a TransGranCanaria de 125 km, em 2012.

No feminino, a vencedora foi Cat Bradley, com o tempo de 19h31m31.

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos