Territorio Trail escolhe os melhores do ano no Trail

Uma das principais referências da comunicação social no Trail, o site Territorio Trail escolheu os melhores corredores  e provas do ano. No plano espanhol, os escolhidos foram o campeão do Mundo Luis Alberto Hernando e Eva Bernat; no plano internacional, nota para o vencedor do UTMB François D’Haene e Caroline Chaverot.

 

Criados em 2014, os Trail Awards Territorio Trail Media é um dos prémios individuais mais reconhecidos do Trail europeu. Este ano, os eleitos foram Luis Alberto Hernando (além de campeão mundial, campeão europeu e da Skyrunning Series), Eva Bernat, François D’Haene e Caroline Chaverot.

Nota também para a Transvulcania e Marató dels Dements, consideradas as melhores provas do país vizinho, assim como a Ultra Trail Mont Blanc e Dolomites Skyrace.

LEIA TAMBÉM
Ester Alves e a Everest Trail Race: «Foi a prova em que me senti mais fora do meu meio»

A novidade deste ano foi o prémio de Melhor Corrida por Etapas. Em Espanha, o prémio foi entregue a Riaño Trail Run, enquanto a Everest Trail Race, com Ester Alves na segunda colocação este ano, a ser distinguida a nível internacional.

Já o Prémio de Honra foi entregue a Kilian Jornet.

LEIA TAMBÉM
Kilian Jornet operou os dois ombros

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos