Laura Orgué alcança o pentacampeonato na Taça do Mundo de KM Vertical  

Apesar de não ter alcançado o triunfo no KM Vertical em Fully, na Suíça, a catalã Laura Orgué alcançou o seu principal objetivo: o pentacampeonato na Taça do Mundo de KM Vertical.

 

Na última prova do Vertical Kilometer World Circuit, a vencedora da prova foi Christell Dewalle, que somou a sua quarta vitória consecutiva no circuito. Recorde-se que a francesa regressou há pouco tempo aos grandes eventos, após uma penalização de quatro meses devido a doping. A gaulesa registou 35m10, menos 26 segundos do recorde da prova, que curiosamente está na sua posse desde 2014. Atrás da gaulesa, com alguma desvantagem, ficaram a suíça Victoria Kreuzer (37m37) e a gaulesa Jessica Pardin (38m16).

Laura Orgué no KM Vertical em Fully
Laura Orgué no KM Vertical em Fully

No quarto lugar ficou Orgué, posição suficiente para vencer o ambicionado Vertical Kilometer World Circuit. Depois de perder na semana passada o título Skyrunning, a catalã somou o seu quinto título na categoria, uma maneira de amenizar a derrota na na Limone Xtreme. De referir que Orgué conquistou o título com uma vantagem de apenas 8 décimas na classificação final…

Philipp Goetsch supera o recorde no KV Fully

No masculino, destaque absoluto para Philipp Goetsch, após ter alcançado o título europeu no KV Grèste Mughera, em Limone (Itália) na semana passada. O italiano, com 28m53, simplesmente superou o recorde da corrida e do circuito, já que alcançou a melhor marca de sempre do KV, menos 49 segundos do anterior registo, na posse de Urban Zemmer desde 2014. Nas posições seguintes ficaram o suíço Thomas Terrettaz (30m34) e o compatriota Davide Magnini (30m37).

LEIA TAMBÉM
Laura Orgué com recorde feminino no KM Vertical de Zegama-Aizkorri
Campeã do Mundo de KM Vertical Christel DeWalle apanhada no doping

Em relação ao circuito mundial, o vencedor já era conhecido, concretamente o norueguês Stian Angermund-Vik. O italiano Patrick Facchini e o esloveno Nejc Kuhar ocuparam os restantes lugares do pódio.

Em relação ao percurso, La Fully começa em Belle Usine (500 metros) e termina em Garettes (1.500m). São dois quilómetros com um declive médio de 50%.

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos