Iker Karrera alcança um novo recorde na Nolan’s 14

Um dos desafios do Trail mundial, o espanhol Iker Karrera registou um novo recorde na Nolan’s 14, percurso que congrega as 14 montanhas acima dos 4000 metros de altitude do Colorado, nos Estados Unidos. No total, cerca de 166 km e um Desnível Positivo a rondar os 14.000 metros.

O desempenho de Karerra foi absolutamente memorável, só ao alcance dos melhores, já que o espanhol conseguiu baixar o melhor tempo do percurso em seis horas, algo inimaginável antes do início da sua travessia, muito devido as enormes dificuldades apresentadas pela Nolan’s 14 (localizada na parte central do Colorado, entre Aspen, Leadville, Vail e Salida), com as suas 14 montanhas e, principalmente, altitudes. O melhor registo, alcançado em 2015, era de 53h39. Agora é de 47h40.

 

Iker Karrera brilha na Nolan’s 14
Iker Karrera durante o seu desafio na Nolan’s 14

 

Devemos no entanto salientar algumas particularidades da Nolan’s 14, tais como: o tempo limite deste desafio é de 60 horas, não há um percurso fixo, sendo no entanto obrigatório passar pelos pontos mais altos das 14 montanhas, o trajeto oscila entre 88 e 106 milhas e é proibido utilizar pacers mas é permitido a utilização de GPS. 

Iker Karrera perdeu-se na Nolan’s 14

Mesmo com o recorde, o espanhol Iker Karrera esteve perdido na sua travessia. Por ser uma rota não marcada, para concluir o desafio Nolan’s 14 é necessário tem um grande sentido de orientação, mesmo com a utilização do GPS, no qual ajuda mas não resolve todos os problemas. Isso faz com que vários atletas acabem por ultrapassar o tempo limite.

Apesar de ter estado perdido por três vezes, numa delas por mais de duas horas, Karrera lá conseguiu reencontrar o trajeto que tinha estipulado e assim conseguiu baixar este desafio para todos os admiradores do Trail em menos de 50 horas, um tempo que muitos acreditavam não ser possível.

 

Iker Karrera perdeu-se por três vezes na Nolan’s 14
Iker Karrera esteve perdido por três vezes na Nolan’s 14

 

No final, e em declarações a Irunfar, o espanhol não escondeu a sua felicidade, mas, ao mesmo tempo, a sua frustração: «Sei que poderia ter feito melhor, já que estive perdido por cinco horas devido a erros e outras incidências.»

De referir que este projeto será em breve transformado em documentário, fruto de uma campanha de Crowdfunding.

Recorde-se que, em junho último, Karrera tinha alcançado um novo registo para a Alta Ruta de los Perdidos (leia aqui).

 

 

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos