Ester Alves vence a primeira etapa da Everest Trail Race

A portuguesa Ester Alves, convidada para integrar a equipa The Elements Pure Coconut Water, foi a vencedora da primeira etapa da Everest Trail Race, entre Jiri e Bhandar, com 21,5 km e um desnível acumulado de 3800 metros.

 

Ester Alves não se intimidou com os grandes nomes da prova e de imediato assumiu a liderança da prova (3h22m22), deixando para trás a atleta local Chhechee Sherpa, a 11 minutos, e a dupla vencedora da Marathon des Sables, Elisabet Barnes, a 14 minutos. Uma prestação que não deixou de causar surpresa no pelotão da corrida, tal o ritmo apresentado por Alves nas montanhas do Nepal. A portuguesa alcançou um honroso 11.º lugar da classificação geral.

 

Luis Alberto Hernando é o principal favorito na prova masculina do Everest Trail Race
Luis Alberto Hernando é o principal favorito na prova masculina do Everest Trail Race

 

Na prova masculina, o vencedor do dia foi Luis Alberto Hernando, que superou o recorde do traçado, que já conta com seis edições (a presente é a sétima). O campeão do Mundo registou o tempo de 2h17, menos sete minutos do que tinha alcançado em 2013. Suman Kulung, do Nepal, ficou na segunda posição, com mais dois minutos. Já o português André Castro finalizou a primeira etapa no 20..º lugar da geral, com 3h44m27.

LEIA TAMBÉM
Ester Alves em contagem regressiva para o Everest Trail Race

A primeira jornada ficou marcada pelo constante sobe e desce, aliás uma das caraterísticas da prova ao longo das seis etapas, com grandes desníveis concentrados em distâncias relativamente pequenas. O percurso da etapa foi marcado pela variedade do terreno, técnico e irregular, com água e terra. Não podemos esquecer que, na Everets Trail Race, os corredores carregam durante todas as etapas as suas mochilas com o material técnico. Outra curiosidade é que os atletas não podem tomar banho até que termine a prova.

1ª Etapa ETR 2017

Enquanto não começa a 2ª etapa, ficamos com o resumo dia da 1ª etapa que começou logo de manhã com musica local…

Publicado por Ester Alves em Quinta-feira, 9 de Novembro de 2017

A segunda etapa terá como principal atrativo o Pikey Peak, o ponto mais alto de toda a corrida, a 4100 metros. No total, 24 km e um desnível positivo de 3486 metros. O grande desafio de Estar Alves, uma exímia corredora de provas por etapas, é procurar manter a vantagem sobre Chhechee Sherpa, atleta habituada a correr nestas complicadas condições.

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos