ChheChee Sherpa aumenta vantagem sobre Ester Alves na Everest Trail Race

A atleta local ChheChee Sherpa aproximou-se do triunfo na Everest Trail Race após ganhar a terceira etapa consecutiva da prova, apesar da forte concorrência da portuguesa Ester Alves, vencedora das duas primeiras etapas e segunda da classificação geral.

 

Na penúltima etapa da Everest Trail Race, ChheChee Sherpa conseguiu dar um forte passo para o triunfo na corrida, já que aumentou a distância na liderança da classificação geral, agora em 12 minutos. Numa etapa onde as paisagens dominaram a participação de todos, já que muitos, no final, não conseguiram esconder a emoção causada por Tyangboche, Ester Alves procurou acompanhar o ataque de Sherpa, mas a portuguesa não conseguiu resistir a performance da corredora do Nepal, que conhece como ninguém as montanha do Himalaia.

Sherpa terminou a  quinta etapa, entre Phakding e Tyangboche, de 20 km e com desnível positivo de 3246 metros, em 3h50m26, enquanto Ester Alves registou 3h57m19. Na classificação geral, a nepalesa apresenta 23h17m50, menos 12m12 que a portuguesa, que dificilmente vai falhar o segundo lugar do pódio da corrida, já que a terceira colocada, Elisabet Barnes, dupla campeã na Marathon des Sables, tem 24h45m39, mais 1h27m49 que Sherpa.

Luis Alberto Hernando alcança novo triunfo

Na prova masculina, Luis Alberto Hernando, após dois ataques do também nepalês Suman Kulung, voltou a vencer uma etapa, feito também alcançado nas duas primeiras etapas. O espanhol tem agora uma vantagem de 6m23 na classificação geral. Todavia, o corredor campeão mundial e europeu de Trail já afirmou que esta diferença talvez não seja suficiente para conquistar a vitória, apesar da sexta etapa ser mais propícia ao seu estilo de corrida.

 

Luis Alberto Hernando deu um passo de gigante para o triunfo na Everest Trail Race
Luis Alberto Hernando deu um passo de gigante para o triunfo na Everest Trail Race

 

De referir que nunca um atleta europeu venceu a Everest Trail Race, fruto das suas caraterísticas, bastante marcantes, como admitiu o terceiro coloacado da geral, o norueguês Sondre Amdahl, que considerou a etapa de hoje a mais complicada. No total, os atletas já têm cerca de 130 km acumulados nas pernas.

Na última etapa, os corredores terão de “desbravar”  29,5 km e ultrapassar um desnível acumulado de 5243 metros.

LEIA TAMBÉM

Ester Alves continua a brilhar na Everest Trail Race

Ester Alves perde a liderança no Everest Trail Race

Ester Alves mantém liderança na Everest Trail Race

Ester Alves vence a primeira etapa da Everest Trail Race

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos