Quenianos dominam Maratona do Rio de Janeiro

Os quenianos dominaram a Maratona do Rio de Janeiro, que, este ano, comemorou 15 edições com a participação de 33 milatletas. Os vencedores no masculino e no feminino foram, respetivamente, Godfrey Kipkosgey Kosgey e Ednah Mukhwana. Mas a verdade é que os atletas brasileiros não se saíram mal na prova…

 

Num evento que contou com 33 mil atletas, 11500 na Maratona, Mukhwana registou 2h38m34 e alcançou a sua segunda vitória na prova (a primeira foi em 2014, com o tempo de 2h40m36), enquanto Kosgey, que fez a sua estreia na prova, correu a distância em 2h17m41. No final, o queniano referiu que a prova foi «dura», mas «o percurso compensava as dificuldades».

A temperatura da Maratona do Rio de Janeiro rondou os 30 graus e dificultou em muito o rendimento dos atletas. No entanto, a verdade é que os brasileiros corresponderam e alcançaram, por exemplo, as segundas posições, tanto no feminino como no masculino, concretamente Mirela Saturnino de Andrade (2h39m02) e Edmilson dos Reis Santana (2h21m01), repetivamente. Nos últimos degraus do pódio ficaram também dois brasileiros: Priscila Lorchima (2h42m29), vencedora em 2016, e Antonio Wilson Lima (2h22m33).

 

LEIA TAMBÉM
Maratona do Rio de Janeiro com 11500 participantes

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos