Mo Farah na Meia-maratona de Doha

O campeão mundial e olímpico Mo Farah será uma das estrelas da Meia-maratona de Doha, agendada para 12 de janeiro. A prova servirá de preparação para a Maratona de Londres, em abril.

 

«Estou realmente ansioso pelo início da temporada de 2018, em Doha, para ver como está a minha preparação, principalmente em termos de velocidade, devido ao percurso plano da corrida. Também estou ansioso por correr ao lado dos meus colegas de pelotão e passar algum tempo com os atletas amadores. Doha é uma cidade verdadeiramente internacional e isso proporciona uma ótima atmosfera e experiência geral», afirmou Farah segundo o site da IAAF, que recorda que o evento que decorre no Qatar engloba ainda a Maratona, 10 km e 5 km, assim como duas provas para as crianças, de 3 km e 1 km.

O organizador do evento, Hassan Al Ibrahim, mostrou a sua satisfação por contar com Mo farah.

«Estamos muito satisfeitos por Sir Mo Farah escolher Doha como rampa de lançamento da sua nova e excitante carreira.»

8mile tempo!! #onemomile

Publicado por Mo Farah em Terça-feira, 28 de Novembro de 2017

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos