Meia-maratona de Lisboa com saída na zona de Sete Rios?

A organização da Meia-maratona de Lisboa revelou que o mau tempo poderá fazer com que a partida da prova seja realizada na zona de Sete Rios em vez da Ponte 25 de Abril.

 

A decisão final da partida da Meia-maratona de Lisboa será tomada no sábado, após uma nova reunião com as autoridades, que avaliarão os dados disponíveis em relação ao tempo de domingo, dia da corrida. Caso S. Pedro não o permita, a prova terá o seu início ma zona de Sete Rios, revelou o presidente do Maratona Clube de Portugal após uma reunião com a Proteção Civil, a Polícia de Segurança Pública, a Lusoponte e a Infraestruturas de Portugal. «O “plano B” já está acionado», revelou.

Segundo este novo plano, a prova começaria junto das estações de metro, comboios e autocarros, seguiria pelo Eixo Norte-Sul até perto da saída da Ponte 25 de Abril, em Alcântara, retomando aí o seu percurso habitual. Um percurso que não vai afetar a elite da corrida, que parte de Algés.

 

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos