Funcionário público Kawauchi alcança segundo Sub-2h16 e uma vitória em sete dias na Maratona

Depois do sexto lugar na passada semana na Maratona dos Alpes-marítimos Nice-Cannes, o fenómeno japonês Yuki Kawauchi, de 30 anos, ganhou no domingo a Maratona de Saitama, a sua 10.ª Maratona do ano e 75.ª da carreira desde 2010.

 

No total, Kawauchi, uma referência no seu país e um pouco por todo o mundo, tem no seu curriculum 75 Maratonas e 29 triunfos, um feito invejável para um atleta amador, que recusa ser patrocinado pelas grandes marcas do Desporto mundial e prefere manter o seu trabalho de funcionário público, curiosamente na Câmara de Saitama.

LEIA TAMBÉM
Não há atleta amador mais próximo da elite do que o japonês Yuki Kawauchi

Após o sexto lugar no passado dia 5, na Maratona dos Alpes-marítimos Nice-Cannes, com o tempo de 2h15m02 (leia aqui), e com jet lag e uma viagem continental pelo meio, o nipónico ganhou mais uma prova, desta vez com o tempo de 2h15m54. Esta foi a segunda vez que o japonês correu duas Maratonas no espaço de sete dias. O objetivo de Kawauchi era superar o recorde da prova, de 2h18m50, e “apanhar” o Top 10 feminino, que partiu 30 minutos antes da corrida masculina (não conseguiu, já que conseguiu “apenas” ultrapassar a 12.ª colocada).

Os invejáveis registos de Kawauchi

Este foi o 60.º Sub-2h16 de Kawauchi, que procura superar o recorde do norte-americano Doug Kurtis, que apresenta 62 provas Sub-2h20. Ao que tudo indica, o funcionário público mais conhecido do Mundo da Corrida igualará o feito em pouco tempo, já que vai participar no próximo mês na Hofu Yomiuri Marathon, no Japão, e, no primeiro dia de 2018, na Marshfield New Year’s Day Marathon, nos Estados Unidos.

Alguns dos impressionantes números de Kawauchi:

12 Maratonas Sub-2h10
23 Maratonas Sub-2h12
51 Maratonas Sub-2h15
60 Maratonas Sub-2h16
73 Maratonas Sub-2h20

Na prova feminina, vitória de Flomena Cheyech Daniel, do Quénia, com o tempo de 2h28m39. Numa “corrida de loucos”, a Africana foi obrigada a dar um sprint nos metros finais para derrotar Shitaye Habtegebrel, do Bahrain, que registou apenas três segundos a mais.

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos