Inês Henriques, dos 50 km marcha de Londres para os 20 km de Almeirim

Campeã e recordista mundial nos 50 km marcha, a marchadora Inês Henriques, de Rio Maior, causou uma enorme surpresa ao alcançar o segundo lugar na 31.ª edição dos 20 km de Almeirim, uma das corridas mais emblemáticas do calendário nacional.

 

Quem pensava que Inês Henriques iria apenas “cumprir calendário” em Almeirim, ficou surpreso com a performance da recordista mundial dos 50 km, campeã mundial no último Mundial de Londres, em agosto.

Nos tradicionais 20 Km de Almeirim, Inês Henriques terminou a prova com o tempo de 1h23m14, ficando apenas atrás da triatleta Marion Kim Magrobang, primeira, com 1h17m53. No último lugar do pódio ficou Maria do Céu Nunes, com 1h26m49.

O vencedor masculino foi André Costa (1h05m24), à frente de Marco Cardoso (1h09m49) e João Ginja (1h10m32).

LEIA TAMBÉM

Inês Henriques: «Isto é a recompensa de 25 anos de trabalho»

Inês Henriques campeã mundial com recorde do Mundo

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos