Correu a Maratona de Buenos Aires em 3h13 com… chinelos

O brasileiro Edilson Saraiva de Mesquita virou uma das estrelas da mais recente Maratona de Buenos Aires após correr os 42,195 km com uns… chinelos!

 

Natural do Ceará, estado localizado no Nordeste do Brasil, Edilson Saraiva de Mesquita alcançou um tempo que deixa muitos “corredores tecnológicos” e com sapatilhas de última geração a morrer de inveja. Correndo com chinelos, o seu tempo final foi de 3h13m22. De referir que o brasileiro apresentou-se na linha de partida da Maratona de Buenos Aires com calções de basquetebol e uma camisola de algodão com a imagem do Padre Marcelo Rossi (uma referência espiritual em terras do outro lado do Atlântico), ou seja, tudo o que hoje é contraindicado aos corredores.

 

Edilson Saraiva de Mesquita no final da Maratona de Buenos Aires
Edilson Saraiva de Mesquita no final da Maratona de Buenos Aires

 

Por ter corrido com chinelos, Edilson Saraiva de Mesquita foi obrigado a prender o seu chip ao tornozelo, com um elástico. Apesar de ter causado enorme curiosidade no público e nos corredores da Maratona de Buenos Aires, o brasileiro tornou-se uma autêntica “estrela” nas redes sociais a partir de segunda-feira, sendo referenciado por milhares de pessoas nas suas páginas pessoais, que consideram o corredor brasileiro um exemplo da simplicidade da corrida, nestes dias onde a tecnologia domina por completo a própria performance e vida do corredor. 

 

LEIA TAMBÉM
Abastecimento ilegal na Maratona de Buenos Aires
Da corrida com ténis para a corrida descalço: como foi o processo de adaptação de Bruno Martins

 

As parciais de Edilson Saraiva de Mesquita, que, com o tempo alcançado na capital argentina, tem índice para correr a Maratona de Boston na sua idade, por exemplo, foram as seguintes:

 

Os tempos do brasileiro que causou estupor na Maratona de Buenos Aires

 

Recorde-se que o recorde do Mundo a correr uma Maratona de chinelo, segundo o Guinness, o denominado Livor do Recordes, está na posse do norte-americano Keith Lavasseur, que, em 2012, na Maratona de Baltimore, correu a distância em 2h46m58.

 

Keith Lavasseur é o recordista do Mundo da Maratona a correr de chinelos
Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos