Quem ocupa o trono de Bolt?

Chegou ao fim a Era Bolt. A despedida definitiva não foi a esperada por ninguém, com a sua lesão nos 4x100m. Agora, a pergunta que todos fazem é apenas uma: quem é o sucessor do jamaicano?

Após o choque da derrota de Bolt na final dos 100 metros, além do choque nos 4×100 metros, o Mundo da Velocidade parece já estar recomposto dos dois “traumas”, assimilando que o raio jamaicano afinal é… humano. Após cerca de duas décadas de domínio, o velocista que revolucionou o Mundo do Atletismo mostrou as suas fraquezas, precisamente no momento do adeus, o adeus de uma lenda do Desporto.

Recorde-se que o jamaicano, após a sua derrota nos 100 metros, lamentou não ter oferecido a vitória ao seu público.

“[O apoio] Foi fantástico. Não esperava outra coisa, já estava à espera que viessem apoiar. Estou apenas triste por não ter conseguido dar-lhes o triunfo», disse à BBC.

Mas o Mundo continua a girar e agora todos anseiam descobrir quem vai ocupar o trono deixado por Bolt. Segundo os especialistas, há três “reinos” que já se encaminham para o confronto final, três “reinos” que farão de tudo para ocupar o desejado e ambicionado trono.

Os herdeiros de Usain Bolt

Christian Coleman
Após a meia-final no Mundial de Londres, muitos acreditaram que Coleman, de 21 anos, poderia derrotar Bolt na final. Acabou por acontecer (9s94 contra 9s95), mas o norte-americano “esqueceu” do compatriota Justin Gatlin (9s92), que terminou por conquistar o título mundial. Em Londres, onde sustentava a melhor marca do ano no hectómetro (9s82) até ao momento, o jovem de 21 anos confirmou de vez que é um dos nomes a reter, não no futuro, mas já no presente. Não é por acaso que, nos Estados Unidos, Coleman é hoje a principal esperança do país em retomar a supremacia da velocidade nas grandes provas, como Usain Bolt conseguiu nos últimos 20 anos. Como curiosidade, refira-se que o norte-americano conseguiu baixar a mítica marca de 10s00 mais cedo do que Usain Bolt e que tem como “padrinho” na distância… Justin Gatlin. Além do mais, é dos poucos que pode dizer que foi mais rápido do que Bolt por duas vezes…

 

Quem é o sucessor de Usain Bolt?
Três velocistas para um lugar deixado vago por Usain Bolt

 

Andre de Grasse
Andre de Grasse, de 22 anos, foi a grande ausência do Mundial de Londres, devido a uma lesão nos isquiotibiais. Num passado não muito longe, Bolt afirmou que o canadiano era um dos nomes a reter no futuro. Com 9s76 e 19s58 nos 100 e 200 metros, respetivamente, o velocista do Canadá já soma uma medalha de prata e de bronze nos Jogos Olímpicos, conquistadas no Rio de Janeiro nos 200m e 100m, respetivamente. Devido a sua peculiar personalidade, bastante extrovertida, os especialistas acreditam que é o homem capaz de suceder Bolt em termos de “espetáculo”. No entanto, evidentemente que isso só não basta…

Wayde van Niekerk
O “menino bonito” da atualidade. Após o recorde do Mundo nos 400 metros nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Van Niekerk virou uma vedeta mundial. O que impressiona no sul-africano é a sua polivalência, já que, além do registo mundial, consegue correr os 100 metros em menos de 10 segundos, os 200 metros em menos de 20 segundos e, este ano, alcançou o recorde do Mundo nos 300m. Em Londres, Van Niekerk ganhou a medalha de ouro nos 400 metros e a medalha de prata nos 200 metros. Muito menos extrovertido que Bolt, o sul-africano parece estar a aguentar a pressão dos media, já que continua focado nos seus treinos e tempos. Para a lenda Michael Johnson, é Van Niekerk a próxima estrela do Atletismo.

LEIA TAMBÉM

Mo Farah fica em choque com queda de Bolt e não se percebe do triunfo da Grã-Bretanha

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos