Nova meta da Maratona de Lisboa espera atrair 10000 inscritos no futuro

Com uma nova meta, no coração de Lisboa, concretamente no Terreiro do Paço, a Maratona de Lisboa (15 de outubro) espera no futuro alcançar o número de 10 mil inscritos. Para a edição deste ano, mais de 5000 atletas vão estrear o novo percurso, embora o número possa ainda ser maior, já que as inscrições continuam abertas.

 

Recentemente, a Maratona de Lisboa foi referenciada pela Forbes como uma das 12 melhores da Europa e o American Express colocou a corrida nas listas das 19 Maratonas do Mundo de «cortar a respiração». Já o jornal canadiano Huffpost incluiu Lisboa nas 6 melhores cidades para conciliar visita e corrida. Razões mais do que suficientes para o presidente do Maratona Clube de Portugal admitir que não está satisfeito com os números de inscritos da corrida, já que acredita que o evento, para ter um número «razoável», deve atingir no mínimo os 10 mil atletas em prova.

 

 

Este ano, a grande novidade da Maratona de Lisboa é a alteração do percurso após quatro edições, concretamente com uma nova chegada, no Terreiro do Paço, o que vai fazer com que Cascais seja responsável por mais da metade dos 42,195 km da corrida. Carlos Móia salientou na conferência de imprensa que ter o final da Maratona no Terreiro do Paço era um desejo da própria Câmara Municipal de Lisboa, algo que acontecerá também para os atletas da Meia-maratona. Já os inscritos na Mini terminarão como é habitual no Parque das Nações, já que a sua grande maioria aprecia correr/andar na Ponte Vasco da Gama.

«Terminar no Terreiro do Paço, com os atletas a passarem pela Rua Augusta e por debaixo do Arco, é uma mais-valia em termos de turismo. A verdade é que terminar no Parque das Nações estava a ficar apertado devido ao número crescente de participantes das três provas.»

Até ao momento estão inscrito para a prova principal cerca de 5000 atletas, sendo 3500 estrangeiros oriundos de 82 países, o que demonstra a internacionalização da corrida. Carlos Móia fez questão de salientar na conferência de imprensa que as provas que organiza trouxeram este ano a Portugal cerca de 20 mil estrangeiros, «já que um corredor raramente vem sozinho para as corridas, traz sempre a família».

«Segundos dados recentes, apenas um evento da vela traz mais retorno económico do que a corrida

Objetivo da Maratona de Lisboa é alcançar novos recordes

Móia revelou que o principal objetivo deste ano é tentar superar os recordes da prova, no masculino de 2h08m21 (na posse do queniano Samuel Ndungu), e, no feminino, de 2h24m13, de Sarah Chepchirchir, vencedora do ano passado e recente ganhadora da Maratona de Tóquio. A queniana é uma das corredoras da elite da Maratona de Lisboa, que contará com Doroteia Peixoto a representar as cores nacionais (ganhou este ano a Maratona de Dusseldorf). No masculino, o principal nome é Seboka Dibaba Tola, que tem como melhor tempo pessoal 2h06m17 (há ainda mais cinco atletas com o tempo inferior a 2h08). Nota também para o ganhador do ano passado, o também queniano Alfred Kering, e a presença do português Ricardo Ribas (2h13m21).

 

Carlos Móia apresentou as novidades da Maratona de Lisboa
Carlos Móia apresentou as novidades da Maratona de Lisboa

 

«Esperemos que seja este ano. O objetivo é melhorar o tempo e estamos a tentar fazer uma prova mais rápida. Estou contente e temos feito um trabalho notável, com mais de 5.000 inscritos.»

Carlos Móia aproveitou também o encontro para agradecer a todos os patrocinadores, «inexcedíveis em termos de ajuda, mesmo nestes tempos de dificuldades para as grandes empresas. São anos difíceis, mas têm sido inexcedíveis».

A Maratona de Lisboa, com inscrições ainda abertas, está agendada para o dia 15 de outubro, pelas 08h00. A T-shirt da prova deste ano é amarela e, na parte frontal, temos referências a cascais, Oeiras e Lisboa, que acolhem a corrida.

Deseja correr a Maratona de Lisboa, clique aqui

Deseja correr a Meia-maratona de Lisboa, clique aqui

Deseja correr a Mini, clique aqui

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos