Makwala correu sozinho e alcançou a meia-final dos 200 metros

Após ter permissão da IAAF, Isaac Makwala, do Botswana, correu sozinho a eliminatória dos 200 metros, alcançando a meia-final da distância, onde correrá na mesma série que o português David Lima.

Com a melhor marca do ano, concretamente 19s77, Makwala é, segundo os especialistas, o principal adversário do sul-africano Wayde van Niekerk, que procura conquistar mais uma medalha de ouro em Londres após ter ganho com enorme facilidade os 400 metros, muito devido a ausência do atleta do Botswana.

Após ter recebido o sinal verde da IAAF, que salientou que o período de quarentena devido a uma gastroenterite tinha terminado às 14h00 e que tinha uma declaração médica a indicar que estava apto, Makwala correu sozinho na pista número sete, alcançando o tempo de 20s20, suficiente para alcançar a qualificação para a meia-final.

Após a corrida, o velocista fez algumas flexões de braços, para demonstrar que estava em forma.

O atleta do Botswana vai correr agora a primeira série da meia-final, onde está o português David Lima, às 20h40.

Más notícias para Van Niekerk…

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos