Choque em Londres com a derrota de Mo Farah

Numa festa organizada desde a calendarização dos Mundiais de Londres, o inesperado aconteceu no penúltimo dia da competição: Mo Farah não alcançou a ambicionada “dobradinha” nos 5000 metros após ter ganho os 10000 metros.

 

Mo Farah procurava alcançar uma nova “dobradinha” na sua carreira. Depois dos 10000 metros, o britânico procurava obter a sua 11.ª vitória consecutiva em grandes competições, Jogos Olímpicos e Mundiais, precisamente no dia do seu adeus.

Fortemente apoiado pelo público, Mo Farah acabou por ser surpreendido pela estratégia dos atletas da Etiópia, que “pausaram” a corrida para, na última volta, atacarem num sprint que o britânico não conseguiu aguentar.

A desilusão do público foi total com a vitória de Muktar Edris, com o tempo de 13m32s97. Farah registou 13m33s22 e, na terceira posição, ficou o norte-americano Paul Chelimo, com 13m33s30.

 

Edris surpreendeu tudo e todos com a vitória nos 5000m, derrotando Mo Farah
Edris surpreendeu tudo e todos com a vitória nos 5000m, derrotando Mo Farah

 

No chão após a derrota, o vencedor foi levantar Mo Farah, que recebeu o carinho de quase todos os atletas, que fizeram questão de reconhecer o impressionante curriculum do britânico: quatro medalhas de ouro olímpicas, cinco de ouro e duas de prata em Mundiais e cinco de ouro e uma de prata em Europeus.

De referir que Mo Farah, antes da estrada, vai disputar ainda a Liga Diamante de Birmingham.

 

Mo Farah 5000m post-race interview

"What you've done for this nation is unbelievable."Iwan Thomas speaks to an emotional Mo Farah after the Brit's silver medal in his final World Championships track race.

Publicado por IAAF World Championships em Sábado, 12 de Agosto de 2017

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos