Mundial de Pista Coberta: cinco atletas desclassificados na mesma série após saíram das suas pistas

Pela primeira vez na história, cinco atletas foram desclassificados ao mesmo tempo numa das séries dos 400 metros dos Mundiais de Pista Coberta, que decorrem em Birmingham até domingo.

 

Na terceira série das eliminatórias dos 400 metros dos Mundiais, Steven Gayle, Abdalleleh Haround, Austris Karpinskis, Alonzo Russell e o grande favorito, Bralon Taplin, saíram das suas pistas, infringindo o regulamento. Como tal, foram todos desqualificados, um caso inédito no Atletismo. De referir que a série contava com os cinco atletas desqualificados. Ou seja, não teve um vencedor…

 

Mas houve outra importante desqualificação nos 400 metros, concretamente do costa-riquenho Nery Brenes (campeão mundial dos 400 metros em Pista Coberta 2012 e detentor do recorde dos campeonatos com 45s11), que, apesar de ter ganho a sua série com o tempo de 46s58, também foi desclassificado… por invadir a pista do lado.

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos