Histórica corrida dos 400m barreiras nos Nacionais dos Estados Unidos

Pela primeira vez na história, três mulheres correram os 400m barreiras com um tempo inferior a 53 segundos e seis terminaram com um registo abaixo dos 54 segundos. Viveu-se uma corrida de “loucos” nos Nacionais dos Estados Unidos…

 

Campeã olímpica no Rio de Janeiro em 2016 com o tempo de 53s13, Dalilah Muhammad foi a grande vencedora dos Nacionais dos Estados Unidos com o tempo de 52s64. Atrás ficaram Shamier Little (52s75) e Kori Corter (52s95), que também garantiram o passaporte para o Mundial de Londres, em agosto, onde já estava Cassandra Tate, que recebeu um convite por ter ganho a Liga Diamante da distância em 2016.

Além dos tempos das três primeiras, destaque também para os tempos das três seguintes. A verdade é que os tempos alcançados na terceira, quarta, quinta e sexta colocações foram os mais rápidos de sempre para essas posições nos 400m barreiras, o que demonstra o nível da corrida que aconteceu em Sacramento, nos Estados Unidos. Ashley Spencer, medalha de bronze no Rio e que melhorou o seu tempo pessoal (53s11), Georganne Moline (53s14) e Sydney McLaughlin, que estabeleceu um novo registo mundial Sub-20 (53s82), terminaram atrás de Muhammad, Little e Corter (52s95).

 

LEIA TAMBÉM
15 minutos para fortaleceres o abdómen e assim correres melhor

 

Recorde-se que o recorde do Mundo nos 400m barreiras femininos está na posse de Yuliya Pechenkina, alcançado em 2003. Ao que tudo indica, Muhammad vai atacar os 52s34 da russa no Mundial de Londres…

«Hoje eu só queria fazer parte da equipa que estará no Mundial de Londres, estou a ser 100% honesta. Mas claro que, em todas as corridas, eu procuro ganhar. Sabia que seria uma corrida rápida e o meu treinador disse-me para ir forte, que eu era capaz de terminar. Foi o que fiz», confessou uma satisfeita Muhammad à imprensa local.

Agora é contar os dias para o Mundial de Londres, em agosto, para saber se a norte-americana vai ter ainda mais força para terminar a prova e assim registar um novo recorde do Mundo na modalidade…

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos