Ultra Trail World Tour começa este fim de semana com a Vibram Hong Kong 100

Depois de uma longa espera para muitos, a Ultra Trail World Tour está de regresso com a sua primeira prova, que será realizada na Ásia. A Vibram Hong Kong 100 é a primeira de 22 provas do calendário deste ano.

 

Partilhe pelos amigos e faça um LIKE na nossa página. Obrigado!

 

No total, os participantes da Vibram Hong Kong 100 terão de percorrer 100 quilómetros que, se o compararmos a outras provas, não são os mais duros do calendário (desnível e dificuldade técnica mais baixas do que o normal). No entanto, não podemos esquecer que estamos no início da temporada e portanto é importante não obrigar os principais nomes da modalidade a um esforço muito elevado. Ou seja, temos assim uma prova propícia para os atletas mais rápidos do circuito.

No entanto, devemos destacar que a Vibram Hong Kong 100 acolherá alguns dos principais nomes da modalidade, como são os casos de, no feminino, Nuria Picas (bicampeã da Ultra Trail World Tour), que deverá disputar a vitória com a atual campeã da prova, a chinesa Dong Li. Referências ainda para a italiana Lisa Borzani e a local Wyan Chow.

No masculino teremos uma constelação: Sage Canaday, Tim Tollefson, Seth Swanson, David Laney, Didrik Hermassen, Julien Chorier, Javi Domínguez, Jordi Gamito… Não ignorar também os atletas locais, como são os casos de Yanqiao Yun, Kazufumi Oose e Yoshikazu Hara, por exemplo.

Portanto, para a primeira prova do ano da Ultra Trail World Tour, o circuito promete ser um dos mais disputadas de sempre.

Calendário do Ultra Trail World Tour

14 de janeiro: Vibram Hong Kong 100k – Hong Kong (Pro)
11 de fevereiro: Tarawera Ultramarathon (100k) – Nova Zelândia (Pro)
24 de fevereiro: Transgrancaria HG (125k) – canárias (Series)
7 de abril: Patagonia Run (145k) – Argentina (Challenger)
7 de abril: 100 Miles of Istria Ultra Trail – Croatia (Challenger)
7-17 de abril: Marathon des Sables (250k stage race) – Morocco (Series with Bonus)
22 de abril: Madeira Island Ultra Trail (115k) – Portugal (Pro)
22 de abril: Penyagolosa Trails (115k) – Spain (Challenger)
18 de maio: Ultra-Trail Australia (100k) – Australia (Pro)
17 de junho: Mozart 100 (103k) – Austria (Challenger)
23 de junho: The North Face Lavaredo Ultra Trail (120k) – Italy (Series)
24 de junho: Western States Endurance Run (100 miles) – USA (Series)
15 de julho: Eiger Ultra Trail (101k) – Switzerland (Pro)
30 de agosto: TDS (119k) – Italy/France (Pro)
1 de setembro: CCC (101k) – Italy/Switzerland/France (Series)
1 de setembro: UTMB (170k) – France/Italy/Switzerland (Series with Bonus)
8 de setembro: Ultra-Trail Harricana (125k) – Canada (Challenger)
19-22 de outubro: La Diagonale des Fous (167k) – Réunion Island (Series)
20-22 de outubro: Trail de Bourbon (111k) – Réunion Island (Challenger)
20 de outubro: Cappadocia Ultra Trail (110k) – Turkey (Challenger)
28 de outubro: Javelina Jundred (100 miles) – USA (Challenger)
2 de dezembro: Ultra-Trail Cape Town (100k) – South Africa (Challenger)

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos