Conheça os clubes presentes no Campeonato Nacional de Clubes em Pista Coberta

Nos próximos dias 17 e 18 de fevereiro, na Expocentro de Pombal, decorrerão as finais da I e II Divisão do Campeonato Nacional de Clubes em Pista Coberta. Os clubes que participarão na prova já são conhecidos.

 

As finais do Campeonato Nacional de Clubes em Pista Coberta deste ano têm um valor mais significativo devido a realização, em março, do Mundial de Pista Coberta, que serão realizados em Birmingham, na Inglaterra.

LEIA TAMBÉM
Recorde a primeira medalha de ouro de Portugal num Mundial de Pista Coberta

Revelado os mínimos e os horários do Mundial de Pista Coberta

No total, a I Divisão conta com 10 equipas. Sport Lisboa e Benfica, Sporting Clube de Portugal, Sporting Clube de Braga, Juventude Vidigalense, Grupo Desportivo do Estreito e ACD Jardim da Serra apresentam formações tanto na Divisão masculina como na feminina. Já o Centro de Atletismo de Seia e Maia Atlético Clube só terão atletas na Divisão masculina. O mesmo acontece com GRECAS – Vagos ACR e Senhora do Desterro, mas no feminino.

Terminada a fase de qualificação, eis as equipas que estarão presentes em Pombal nos próximos dias 17 e 18 de fevereiro:

I DIVISÃO

Masculino
Sport Lisboa e Benfica
Sporting Clube de Portugal
Sporting Clube de Braga
Juventude Vidigalense
Grupo Desportivo do Estreito
ACD Jardim da Serra
Centro de Atletismo de Seia
Maia Atlético Clube

Feminina
Sporting Clube de Portugal
Sport Lisboa e Benfica
Sporting Clube de Braga
Juventude Vidigalense
ACD Jardim da Serra
Grupo Desportivo do Estreito
GRECAS – Vagos
ACR Senhora do Desterro

 

II Divisão

Masculino
GRECAS – Vagos
AC Póvoa de Varzim
Núcleo de Atletismo de Cucujães
Gira Sol
ACR Senhora do Desterro
Atlético Clube Vermoil
CC São João da Madeira
AD Novas Luzes

Feminina
Grupo de Atletismo de Fátima
A Fundação Salesianos 
ADRE Palhaça
Maia Atlética Clube
Clube Oriental de Pechão
União Clube Eirense
CC C+S de Lavra
CDR Ribeirinho

 

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos