Miguel Reis e Silva alcança o seu melhor tempo na Marathon du Mont Blanc

miguelreis

Miguel Reis e Silva alcançou o 21.º lugar da geral (16.º lugar do seu escalão) nos 42 km da Marathon du Mont Blanc. No total, 2600 corredores participaram na prova nos Alpes, onde o português esteve pela terceira vez. Os triunfos foram para o campeão francês de maratonas de montanha, Cedric Fleureton, e Ida Nilsson.

 

Partilhe pelos amigos e faça um LIKE na nossa página. Obrigado!

 

Mais uma vez Chamonix foi o palco do Trail mundial. A base do pico mais alto dos Alpes recebeu novamente alguns dos principais nomes da modalidade. No total, a Marathon du Mont Blanc engloba três provas:

«Na sexta feira foi dada a partida da primeira prova, os 80 km, de onde sairam 4 “finishers” portugueses. No sábado teve lugar a prova dos 23 km, com 3 “finishers” portugueses, e finalmente no domingo a dos 42 km, que também contou com 3 portugueses finalistas, entre eles Miguel Reis e Silva que obteve a melhor classificação portuguesa», refere um comunicado. «O atleta da Salomon Suunto Portugal partiu de Chamonix a bom ritmo e cruzou a meta após 4h29’ em prova, 25 minutos depois do vencedor, alcançando o 21º lugar da geral entre mais de 2600 atletas e o 16º no seu escalão.»

Recorde-se que esta foi a terceira participação de Miguel Reis e Silva na Marathon du Mont Blanc, alcançando a sua melhor marca, apesar dos treinos não terem sido os ideais, devido ao Doutoramento que o atleta nacional está a tirar (divide o desporto com a medicina).

«O conhecimento do percurso foi uma mais valia para o atleta a par da boa gestão da alimentação na parte mais montanhosa. Na primeira parte da prova e até ao ponto mais emblemático, o pico de Aiguilles des Posettes a 2201 metros de altitude, Miguel manteve-se entre o 16º e o 17º lugar, mas perdeu lugares na descida até ao abastecimento de Le Tour (1476 m) ao quilómetro 28. Daqui para a frente manteve-se em 20º, mas acabou por cruzar a meta em Planpraz em 21º».

“Saí a bom ritmo mas a poupar-me uma vez que receava o efeito da falta de treinos nas semanas antes da prova. A parte mais difícil foi a subida de Tré Le Champ até a Flegere, pois já levamos muitas subidas e descidas nas pernas. Mais uma vez adorei o ambiente desta prova, há muita gente a assistir ao longo do percurso e os pontos de abastecimento eram autênticas festas”, refere o atleta.

De referir que Miguel Reis e Silva está a preparar os Campeonatos do Mundo de Skyrunning, em julho, nos Pirinéus espanhóis.

TOP 3

Feminino:
1. Ida Nilsson, 04h46’18”
2. Amandine Ferrato, 04h57’07”
3. Ekaterina Mityaeva, 04h58’04”

Masculino:
1. Cedric Fleureton, 04h04’23”
2. Xavier Thevenard, 04h07’51”
3. Matthieu Brignon, 04h08’26”

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

Gostou? Partilhe pelos amigos