Meia-maratona de Barcelona supera o recorde de inscritos

A Meia-maratona de Barcelona, agendada para o dia 10 de fevereiro, esgotou. Isso significa que a prova terá 19 mil atletas, um recorde na sua história, superando o registo de 2017, que foi de 17800 inscritos.

 

Um dos dados a reter da prova catalã é a presença feminina. Dos 19 mil inscritos, a meia-maratona de Barcelona contará com cerca de 6000 mulheres, ou seja, 31% do total de inscritos, um valor absolutamente incrível.

Nota também para o número de inscrição de atletas estrangeiros. Participarão no total 103 países. É a primeira vez que a prova acolhe os três dígitos de países.

LEIA TAMBÉM
Dereje Bekele pretende bater o recorde mundial na Meia-maratona de Barcelona

A nação mais representada é a França (1.797). Depois temos Reino Unido (1.328), Alemanha (741) e Itália (786).

Nota também para a presença de países como Costa Rica, Cabo Verde, Arábia Saudita, Camarões ou Ilhas Virgens, por exemplo. No total, a Meia-maratona de Barcelona contará com 44% de atletas estrangeiros.

A prova apresenta a etiqueta “Gold Label” da IAAF, que distingue a qualidade do evento. A organização alterou este ano o percurso tendo em vista a melhoria. 

Gostaste do artigo? Faz Gosto ou Partilha com os teus amigos!
Pedro Alves

Pedro Alves

O futebol sempre acompanhou a minha vida, assim como a natação e o voleibol. As tardes no Estádio do Maracanã, primeiro nas arquibancadas com o meu pai e depois com a “torcida” do Flamengo, são momentos que continuam a marcar as minhas recordações, principalmente a ver Zico a jogar. Em Portugal desde 1989, aos poucos o futebol e o voleibol perderam o seu espaço de prática, mas não de interesse (nesse aspeto o futebol é insubstituível, principalmente a seleção brasileira – como “doeu” os 1-7 da Alemanha… -, o Flamengo e o Barcelona). Se no Brasil a corrida era algo supérfluo, nos últimos anos acabou por ganhar a sua devida importância, primeiro como um hábito de saúde e bem-estar, depois como um desafio pessoal, concretamente terminar uma maratona, feito alcançado no Porto, em 2011. Com mais três no curriculum (duas em Lisboa e uma no Funchal), agora o objetivo é correr a primeira maratona internacional.

Gostou? Partilhe pelos amigos